Como usar ervas e suplementos para aliviar os sintomas da menopausa

A menopausa é um momento de grandes mudanças, muitas mulheres experimentam sintomas físicos e emocionais desconfortáveis. Há uma série de maneiras de aliviar os sintomas da menopausa, incluindo a terapia de reposição hormonal (TRH), técnicas de redução de estresse, dietas saudáveis e exercícios físicos, bem como a utilização de ervas e suplementos dietéticos. Muitas mulheres encontram alívio com ervas e suplementos, que são geralmente considerados seguros se usados com sabedoria.

  1. Consulte seu médico: Alguns sintomas da menopausa e perimenopausa podem ter outras causas, então  mulheres que sentem sintomas da menopausa devem agendar um check-up com seu médico para excluir a possibilidade de qualquer outra doença. Essa consulta é também uma boa oportunidade para discutir opções de tratamento, incluindo a utilização de ervas e suplementos dietéticos.
  2. Faça a lição de casa: Dependendo da gravidade dos sintomas, algumas ervas ou suplementos dietéticos podem ser muito úteis. Um bom multi-vitamínico podem ser muito útil para proporcionar um pouco de segurança, já que muitos de nós não comemos tão bem como deveríamos. Herbalistas treinados e profissionais holísticos podem oferecer uma grande variedade de informações relativas a suplementos específicos, bem como recomendar doses individualizadas.
  3. Considere a soja: As mulheres americanas sofrem muito mais sintomas de menopausa, incluindo calores súbitos, suores noturnos e alterações de humor, do que as japonesas. Pesquisadores acreditam que essa diferença pode ser atribuída às variações na dieta, especialmente a falta de alimentos de soja na dieta ocidental típica comparada aos países asiáticos tradicionais. Aumentar o consumo de alimentos à base de soja e/ou escolher suplementos de soja de alta qualidade podem abrandar alguns sintomas da menopausa.
  4. Acteia ou Erva-de-são-cristóvão: A suplementação com a acteia tem obtido muita atenção recentemente. Algumas mulheres relataram uma redução de até 70% dos calores súbitos, suores noturnos e alterações de humor ao incluir a acteia a seus suplementos diários.
  5. Trevo Vermelho: Embora os estudos ainda estejam sendo feitos, o trevo vermelho vem demonstrando resultados promissores em algumas mulheres menopáusicas, reduzindo os calores e melhorando tanto a saúde cardiovascular e como a perda óssea associada com a osteoporose.
  6. Óleo de Prímula: Mulheres em todo o mundo têm usado o óleo de prímula para ajudar a aliviar os sintomas da tensão pré-menstrual (TPM) e descobriram que ela funciona bem para os sintomas da menopausa também.
  7. Dong Quai: Utilizado para aliviar a secura vaginal e as ondas de calor associadas a menopausa, o dong quai também age como um leve sedativo, que pode ajudar nas alterações de humor que muitas mulheres descrevem.
  8. Raiz de Maca: Acredita-se que a raiz de maca ajuda a balancear os hormônios estrogênio e progesterona, aliviando os sintomas da menopausa. Seus usuários também descobriram que ela ajuda a aumentar a libido, o que pode ser benéfico para mulheres que notam uma redução em sua conduta sexual.

Embora ervas e outros suplementos dietéticos possam oferecer alívio para os sintomas da menopausa, eles não são completamente sem riscos. Como muitos medicamentos tradicionais, algumas ervas e suplementos podem ter efeitos colaterais desagradáveis ou perigosos, especialmente quando usados em demasia. Uma consulta com um médico bem-informado e de mente aberta pode ajudar as mulheres a tomar decisões sobre todos os aspectos de sua saúde, incluindo a suplementação dietética.