Como fazer exercícios de mini trampolim

Lembre-se de como era divertido pular em cima da cama quando era criança? Fazer exercícios em um mini-trampolim vai relembrar os momentos da infância novamente. Este exercício agradável, também conhecido como trampolim cama, é suave com as articulações ao mesmo tempo em que dá um bom treino. Sua rotina de exercícios com o mini-trampolim pode ser tão intensa quanto quiser que seja.

Você vai precisar de algum tempo para se adaptar aos saltos no mini-trampolim. Algumas pessoas podem precisar de uma semana para se acostumar a equilibrar em um mini-trampolim, enquanto outras podem precisar de somente um dia. Você deve usar sapatos confortáveis, antiderrapantes. Algumas pessoas preferem fazer descalças. Tenha cuidado, porém, porque se exercitar sem sapatos pode aumentar o risco de uma lesão nos pés.

Para começar, assim como com qualquer exercício físico, você deve primeiro fazer um aquecimento. Como um novato, o mini trampolim deverá ser feito em um ritmo moderado. Só use o mini-trampolim durante alguns minutos de cada vez para permitir que os seus músculos se acostumem com o exercício. Os cinco exercícios seguintes vão te fazer sorrir e suar e ao mesmo tempo. (Isso é o que eu chamo uma combinação perfeita de exercícios.)

  1. PULOS BÁSICOS. Este exercício pode ter a dificuldade que você quiser, dependendo do esforço que colocou nela. Fique em pé no centro da mini-trampolim com os pés ligeiramente afastadas. Esta será a sua atitude básica inicial para todos os exercícios. Sem tirar os pés do mini-trampolim, pule de leve. Se necessário, coloque perto de si um objeto ou paredes resistentes onde você pode apoiar para se equilibrar. Quando você se habituar aos pulos leves, tire um pouco os pés do trampolim. Aumente a altura do seu pulo conforme você se torna mais confortável com esses pulos básicos.
  2. ANDAR BÁSICO. Este é um bom exercício de aquecimento e para acalmar. Começando a partir de uma postura básica, alternadamente levante seus calcanhares. Não tire o seu pé fora do trampolim. Balançe os braços como se estivesse andando.
  3. CAMINHADA BÁSICA. Este exercício é uma forma divertida de aumentar a sua frequência cardíaca. Começando a partir de uma postura básica, levante alternadamente cada pé um centímetro ou dois do mini-trampolim. Mexe os braços como se estivesse fazendo caminhada.
  4. SALTO CALCANHAR-DEDOS. Este avançado exercício é retirado da rotina de Billy Blanks' Tae Bo. Fique em pé no centro do mini-trampolim com os pés juntos. Em vez de fazer um pulo básico, traga o seu pé esquerdo para a frente durante o pulo, encostando o calcanhar na superfície. Levante levemente o seu braço esquerdo para cima na sua frente enquanto o seu calcanhar toca a superfície. Repita este procedimento com o pé direito. Fazer isso por mais ou menos um minuto é vai te fazer suar.
  5. SALTO POLICHINELO. Este é outro exercício avançado. Começando a partir de uma atitude básica, pule para cima. Enquanto você pula, deixe os pés separados (veja seu pé!) E traga as suas mãos sobre a cabeça. Comparado a um polichinelo regular pulando sobre uma superfície dura, saltar sobre um trampolim torna este exercício mais fácil para as articulações.
Estes cinco exercícios são apenas o começo de sua vida divertida com o mini-trampolim. Cada exercício pode ser alterado por meio de diferentes movimentos do braço. Para fazer com que cada um dos exercícios seja mais um desafio, faça mais rápido ou pule mais alto. A caminhada básica pode ser melhorada se você se curvar alternando os lados (apenas movendo seu corpo mais baixo) a cada passo que der. Quando você se tornar mais confortável com o mini-trampolim, naturalmente você vai descobrir novos exercícios.