Como tratar miomas

Existem diversos métodos de tratamento disponíveis para miomas. As opções de tratamento dependem fundamentalmente de você estar planejando ou não ter mais filhos. Se você pretende ter filhos, vai querer escolher um método de tratamento que não prejudica de forma alguma suas chances de engravidar ou levar a gravidez até o final. Certifique-se de consultar com seu médico sobre qual das muitas opções terapêuticas disponíveis é melhor para você. Se você quiser saber mais sobre os sintomas de miomas, leia How To Learn About Uterine Fibroid Tumors. Veja a seguir algumas informações que irão ajudá-la a compreender melhor as opções terapêuticas disponíveis para miomas:

  1. Histerectomia. Histerectomia é a remoção de todo o útero. Aproximadamente um terço das histerectomias realizadas anualmente nos Estados Unidos são um resultado de miomas. Embora já tenha sido o tratamento padrão para miomas, muitas mulheres agora escolhem opções menos invasivas. Claro, uma vez que uma mulher fez uma histerectomia, ela não pode mais ter filhos.
  2. Miomectomia. Miomectomia é a remoção cirúrgica apenas do mioma (não o útero também). As miomectomias podem ser realizadas tanto através de cirurgia abdominal quanto laparoscópica, dependendo da localização e tipo do mioma. Myomectomy.net fornece uma boa visão das diferenças entre procedimentos de miomectomia.
  3. Embolização de miomas. A embolização originou-se como um procedimento para reduzir a hemorragia uterina durante a cirurgia. Hoje, a embolização é utilizada para encolher os miomas. Os miomas dependem de seu acesso a um suprimento sangüíneo para crescer. A embolização bloqueia o fornecimento de sangue, fazendo o mioma encolher. Um radiologista realiza a embolização utilizando um fino cateter passado através de um pequeno corte na região da virilha para uma artéria até seu útero. Logo que o cateter está no lugar, o radiologista injeta partículas de esponja plástico ou de gelatina, que se deslocam através do cateter na artéria que envia sangue para o mioma. Este pára o fluxo de sangue, fazendo assim o mioma "passar fome" sem o suprimento de sangue.
  4. Ultra-som. Em um procedimento de ultra-sonografia, imagem por ressonância magnética (RM) é primeiramente usada para localizar e determinar os parâmetros de um mioma. Então um feixe de ultra-som usa ondas sonoras de alta freqüência para aquecer e destruir o mioma. Este procedimento requer repetidas aplicações e aquecimento dos tecidos, ao longo de um período de várias horas, e um monitor de temperatura acompanha as mudanças na temperatura do tecido durante o processo. Nem todos os miomas podem ser tratados desta forma, por exemplo, se o mioma está próximo a órgãos sensíveis como o intestino ou bexiga, ou se o mioma está fora da área da imagem. Não mais do que dois tratamentos devem ser realizados em um período de duas semanas. O Ultra-som é destinado a mulheres que já tenham terminado de ter filhos, ou não tenham a intenção de engravidar.
  5. Medicações. Medicações tais como Lupron e Synarel são usados de forma temporária para encolher tumores antes da cirurgia ou menopausa. Estes dois medicamentos trabalham impedindo os ovários de produzirem estrogênio e progesterona. Os miomas requerem estrogênio e progesterona para crescer, e sem esses hormônios, os miomas encolhem. Lupron devem ser tomado por injeção e Synarel é dado através de um spray nasal (porque seriam destruídos no sistema digestivo, se tomado por via oral). O período menstrual pára após tomar estes medicamentos, mas recomeça quando o tratamento é interrompido; a terapia geralmente dura vários meses. Possíveis efeitos colaterais devem ser discutidos com o seu médico; o uso a longo prazo não é permitido pelo FDA, devido ao potencial de uma perda de densidade óssea (osteoporose).
  6. Progesterona - Terapia de bloqueio. Pelo fato de a progesterona contribuir para o crescimento do mioma, as drogas que bloqueiam a progesterona são uma outra alternativa. As drogas de bloqueio da progesterona param o sangramento intenso, e encolhem os miomas na maioria mulheres. Entretanto, elas podem causar hiperplasia endometrial (crescimento excessivo do endométrio, a membrana mucosa de revestimento do útero), que pode levar a pré-câncer do revestimento do útero.
  7. Pirfenidone. Perfenidone é atualmente uma nova droga sob investigação, que pode completar o leque de possibilidades do tratamento disponível.
  8. Ablação endometrial. A ablação endometrial usa energia elétrica ou água quente ou (ablação hidrotermal) para destruir as células do revestimento. Pelo fato de o revestimento do útero ser danificado e/ou destruído, as mulheres que querem ter filhos devem considerar outras opções.
  9. Tratamentos alternativos. Tratamentos alternativos para miomas também abundam. Livros como Tratamentos Naturais de Tumores Fibromiomas Endometriose por Susan M. Lark, Healing Fibroids:  A Doctor's Guide to a Natural Cure de Allan Warshowsky, e Fibroid Tumors Healed Naturally:  A Personal Journey Shared With Specific How-To's de Faye Hardaway são bons pontos iniciais em sua investigação sobre tratamentos alternativos.
A variedade de opções do tratamento pode ser esmagadora; consulte seu médico sobre qual procedimento é melhor para você. E lembre-se que, se o médico não executar um destes procedimentos, considere procurar um segundo parecer de um médico que faz.