Como diagnosticar e tratar a hipotensão ortostática

A hipotensão ortostática é uma condição comum que faz a pessoa sentir tonturas e desmaiar quando se levanta. A maioria dos casos desta doença são leves e não nocivos ou muito difíceis de se tratar.

  1. A hipotensão ortostática (HO) é uma forma de disautonomia. Quando uma pessoa tem um problema em seu sistema nervoso involuntário (SNI), o resultado pode ser uma condição chamada disautonomia, que inclui a HO. Isto significa que as funções corporais involuntárias, como batimentos cardíacos, respiração e regulação da pressão sanguínea, tornam-se desequilibrados por não estarem corretamente regulados pelo SNI e como resultado pode causar uma variedade de sintomas, incluindo a hipotensão ortostática.
  2. A hipotensão ortostática significa que você tem quedas súbita de pressão arterial quando de pé. Outros nomes médicos para esta condição incluem hipotensão postural e hipotensão neuralmente mediada. Pessoas com esta condição sentem uma queda anormal da pressão arterial quando se levantam depois de ficarem deitadas ou sentadas. O SNI mantêm a pressão arterial dependendo da posição corporal e gera um leve aumento temporário na pressão arterial no momento que a pessoa se levanta.
  3. Há uma série de sintomas que podem ocorrer com a HO. A queda na pressão arterial após se levantar normalmente dura apenas alguns segundos, enquanto a pressão arterial se normaliza. Estes sintomas incluem tonturas, dores de cabeça, visão turva, náuseas e aumento da freqüência cardíaca (taquicardia), mas em casos mais graves pode incluir também desmaios. Algumas pessoas com HO também relatam ter fadiga, sobretudo depois de episódios repetidos de HO e quando suas atividades requerem uma grande quantidade de mudanças posturais ao longo do dia.
  4. As causas do HO pode incluir outras coisas além de um SNI anormal. Apesar da disautonomia ser a causa mais comum da HO, outras coisas que podem contribuir ou servir de motivo para uma SNI anormal, que pode resultar em HO, incluem doenças cardíacas (incluindo sopro), certos medicamentos, desidratação, doenças endócrinas como a diabetes, doenças neurológicas e baixas quantidades de sódio (sal) no organismo. Um tipo comum de sopro cardíaco que comumente causas HO é prolapso da valva mitral, mas outras doenças e enfermidades que exigem repouso prolongado podem também ser a causa.
  5. O tratamento da HO depende de sua gravidade. A maioria das pessoas tem casos leves de HO e seus médicos prescrevem uma dieta saudável, exercícios, descanso e sono suficiente para ajudar a condição. Nos casos mais graves, medicamentos podem ser prescritos para ajudar a regular a flutuação anormal da pressão arterial. Estes podem incluir remédios que regulem a pressão arterial, tais como beta-bloqueadores, corticóides minerais (cortisol esteróides) e/ou remédios que estimulam o sistema nervoso, como anfetaminas e efedrina, que contribuem para aumentar os níveis de adrenalina no corpo. O tipo de tratamento é baseada no quanto os sintomas da HO estão afetando o paciente.
Se você sentir sintomas da HO, faça uma visita ao seu médico para ele determinar a causa de sua condição e prescrever o melhor tratamento para você.