Como criar um sermão efetivo

Quando uma pessoa se senta para escrever um sermão, deve considerar muitos fatores. Mas, antes de detalhar estes fatores, eu gostaria de afirmar que um sermão é muito diferente das histórias que escrevemos e lemos em outros livros. Nós devemos ser capazes de extrair bons exemplos de Jesus Cristo, nosso Salvador. Ele pregou mensagens que poderiam causar arrependimentos ou uma reviravolta completa na vida das pessoas. Eram tão peculiares e inspiradoras, que muitas gerações depois estas mensagens ainda podem transformar vidas. Quando você decidir escrever um sermão, esta é uma oportunidade para você comungar com as pessoas acerca das coisas divinas. Aqui estão algumas dicas sobre como desenvolver um sermão.

•    Escolha um tópico, se já não foi especificado um para você. Se não lhe foi dado um tópico, decida por si mesmo o que gostaria de compartilhar e o Espírito Santo guiará a sua escolha através de seu próprio desejo e decisão. Os tópicos podem ser diferentes, dependendo do tipo de reunião ou da época do ano, por exemplo o Natal, Páscoa, ou qualquer outro período. Se você já recebeu um assunto a abordar, daqueles que o convidaram, ou dos líderes de sua igreja, então faça estudos e, cuidadosamente, crie um esboço.

•    Busque a orientação de Deus, através da oração. A palavra de Deus foi inspirada pelo Espírito Santo e, por isto, ler e citar a Sua palavra com uma mente carnal não pode extrair e expor o melhor Dela. Para qualquer um interpretar a palavra de Deus apropriadamente, tem de haver uma condução do espírito de Deus. Ler a palavra de Deus sem esta inspiração, é como ler uma carta ou um jornal.

Assim, antes de você sequer pegar a Bíblia e começar a ler, busque a orientação de Deus. Ore, e Deus o auxiliará a ler e entender a Sua palavra, antes que você possa falar dela a outros. É fácil falar às pessoas sobre coisas que você está convencido de que são verdadeiras, ou deveria estar, pela maneira como está falando. Lembre-se de que nosso Deus é um Deus grandioso, e se você rezar comunicando a Ele que a sua necessidade é ler, entender e preparar um sermão, Ele certamente o fará para você. Amém.

•    Selecione a linguagem a utilizar. Use a linguagem apropriada, porque diferentes linguagens foram dadas por Deus, e com um propósito. Se o sermão deverá ser proferido para pessoas do seu idioma nativo, então não use um idioma estrangeiro, mesmo se você o estudou na escola. Minha experiência mostrou-me que preparar um sermão em um idioma diferente para apresentá-lo neste idioma não é efetivo. Se o sermão se destina a pessoas de um idioma diferente, providencie um intérprete para quando a mensagem estiver sendo apresentada.

•    Considere quem é p seu público. Seu público determinará o sucesso do sermão porque, no final, são eles os interessados e beneficiários do seu sermão; é a eles que o seu sermão se destina. Guarde na sua mente que o sermão que você faz para prisioneiros é um pouco diferente do que você faria no horário de alimentação de um grupo profissional, e também diferente de como seria um sermão para um grupo de uma escola cristã. Não foi por acaso que Jesus falou em água da vida para a Samaritana, e em pescadores de homens para indivíduos que eram pescadores. Ele falaria de maneira diferente para soldados romanos, ou para fariseus. Assim, prepare seu sermão tendo o seu público em mente. Reduza-o e restrinja-o a pontos centrais se for para um grupo pequeno, mas amplie-o para incluir muitas idéias, se for para uma grande multidão.


•    Pesquise versículos da Bíblia relacionados. Leia e pesquise versículos da Bíblia para apoiar o seu sermão; há pessoas que gostam de fazer anotações, e apreciam especialmente anotar os versículos citados no sermão. Em casa, eles voltam às anotações que fizeram e as estudam; então, dando-lhes referências das escrituras, você está acrescentando muito às suas vidas. Lembre-se de que Jesus derrotou Satanás citando as escrituras.

•    Inclua exemplos práticos. Dê exemplos práticos para situar e definir muito bem os seus tópicos. Não use um exemplo sobre fazendeiros do Sri Lanka quando estiver preparando um sermão para ser apresentado a um grupo de marinheiros dos mares do Caribe. Jesus não poderia ter falado sobre o semeador para os pescadores, mas dava exemplos adequados para faze as pessoas verem a SUA palavra como um espelho, com o propósito de fazê-LA refletir sobre as suas vidas.