Como escolher uma cor de cabelo que fique bem em você

Seu rosto parece cansado e abatido, com marcas profundas e escuras em baixo dos seus olhos? Sua pele parece pálida e sem saúde, estranhamente avermelhada ou amarelada? De que cor são as veias dos seus braços?

Acredite ou não, todas estas questões são relevantes quando você está tentando escolher a cor certa para seu cabelo. Aqui estão algumas dicas.

  1. O objetivo fundamental: não tente combinar... tente complementar. Por exemplo, se a sua pele tem uma coloração avermelhada, não tinja seu cabelo de vermelho. Ao invés disso, adicione uma cor que suavize o vermelho no seu rosto. Se a sua pele tem um tom amarelado que você considera desagradável, seu remédio não será adicionar um tom mais amarelado ou dourado ao seu cabelo, mas pelo contrário suavizar a pele amarelada e trazer outros tons ao seu rosto ao adicionar uma cor mais rica e complementar para o seu cabelo.
  2. Aparência da pele: quente contra fria. Nós todos podemos ter sangue quente (ou quase todos), mas isto não significa que a aparência das nossas peles sejam todas quentes. Nós somos divididos em dois campos – frio e quente. Alguns dizem prata e ouro, mas o que interessa é que este tipo de assunto pode esperar até o natal chegar. No momento vamos manter o frio e quente. O que esta distinção significa para a escolha da cor do seu cabelo? Bastante! Pouquíssimas pessoas querem se parecer com um cadáver ou com alguém sofrendo de escarlatina. Preste atenção nos tons de sua pele, olhos e cabelo!
  3. Você tem a pele medianamente pálida ou pálida com uma coloração rosada ao redor das suas bochechas? Sua pele tem uma coloração de oliva (isto iria incluir muitos descendentes asiáticos ou espanhóis), ou tem uma coloração marrom escura? Algumas pessoas têm manchas frias azuladas ou avermelhadas abaixo dos olhos, e algumas têm uma pele pálida, quase como se fosse suavemente translúcida. Se alguma parte aqui descreve você, a cor da sua pele é provavelmente fria.
  4. Peles quentes incluem tons de pele pêssego pálido, marrom com tênues notas de rosa ou dourado, tons de dourado quente ou amarelo, e peles com muitas sardas ou um rubor rosado.
  5. Se você já tentou vestir uma camiseta branca, parar à luz do dia e olhar em um espelho na tentativa de descobrir se você é quente ou frio e não descobriu, aqui está um truque esperto. Simplesmente olhe para seu braço – especificamente, as veias no seu braço. Elas parecem mais azuis que verdes, ou mais verdes que azuis? Se elas parecem verdes, você provavelmente tem uma pele quente. Azul significa que sua pele está mais para o lado frio.
  6. Aqui está outra forma de determinar a temperatura da sua pele: olhe para a cor natural do seu cabelo. È tão simples como um cinza de pimenta-do-reino comparado com um cinza amarelado. Ambas são comuns, mas a cinza apimentada indica frio enquanto a amarela indica calor. Seu cabelo é castanho com um toque avermelhado, ou castanho com notas douradas? Ambos são escuros, mas nós queremos prestar atenção nestes tons, para que você possa escolher uma cor de cabelo que complemente sua feição. Castanho com traços dourados sugere que sua pele é fria.
  7. Cor do olho. Pergunte para qualquer um as primeiras características faciais que eles percebem. Provavelmente são os olhos, o cabelo ou o sorriso. E visto que nós não estamos sempre sorrindo, é melhor fazermos o que podemos para tornar os outros dois o mais lindos possíveis! Vamos falar sobre os olhos por um momento, visto que a cor do olho pode também ajudar a determinar sua pele de acordo com o termômetro do quente/frio. Você não quer que a cor do seu cabelo torne seus olhos menos atraentes e bonitos, quer? Se seus olhos são verdes, castanho dourados, ou castanho-claros sem sinais de nada além de castanho ou dourado, então sua pele está provavelmente no lado quente. Cinzas e azuis, assim como castanhos escuros e preto, podem te colocar no lado frio do espectro. Se seus olhos são castanho-claro, mas têm tons de qualquer uma das cores frias previamente mencionadas, como o cinza, trabalhe com a suposição de que você é, de fato, fria...
  8. Generalizações. Pessoas quentes geralmente ficam melhor com colorações douradas, castanhas ou avermelhadas. Se você tentar tingir seu cabelo de preto ou loiro claro, você pode ficar bastante desapontada com o resultado. Luzes loiras são freqüentemente uma escolha atraente entre pessoas com uma feição quente. Se for mais para fria, então opte por cores de cabelo que irão complementá-la, dando uma aparência mais quente. Tons cinzentos de marrom, mais que castanhos-avermelhados, são potencialmente a sua melhor aposta. A coloração de cabelo preta é algumas vezes uma boa opção, assim como as cores realmente claras de cabelo como os loiros claros. E as tinturas de cabelo mais luminosas e claras freqüentemente têm mais sucesso entre as pessoas frias também.
  9. Nuances. Tendo reduzido as opções de coloração baseadas nas feições naturais de frio e quente, é hora de lembrar a regra fundamental de coloração de cabelo – complemente sua aparência. Considere quais opções entre as selecionadas iriam ficar melhor; nem todos os quentes e frios são iguais! Se sua aparência é quente com notas de amarelo, você não deve adicionar as luzes douradas que mencionamos. Ao invés disso persista em adicionar uma cor mais rica ao seu cabelo, e considere luzes vermelhas; fazendo isto você irá reduzir e suavizar as notas de amarelo em seu rosto. Ou vamos dizer que você tem pele fria com uma fraca nota de azul. Mesmo que as pessoas frias possam ser capazes de se dar bem com algumas cores de cabelo mais claras e selvagens , azul não é uma daquelas cores para você, a não ser que você queira uma aparência profundamente congelada. Se sua meta é suavizar a aparência fria, ao contrário de enfatizá-la, considere alguns castanhos escuros e tons fracos de dourado no seu cabelo. Percebe como as cores que suavizam e enfatizam sua feição facial podem destacar seus olhos também? Vocês, pessoas quentes com olhos castanhos-dourados – dependendo dos tons únicos de sua pele, a coloração dourada do cabelo pode complementar a aparência de sua pele e trazer o ouro de seus olhos à tona.
  10. Quando estiver em dúvida, não faça uma mudança radical. Você pode minimizar possíveis resultados ruins colorindo apenas alguns tons mais claro ou mais escuro que sua cor original.
  11. Consulte um profissional. Já está cansado de olhar para si mesmo no espelho tentando descobrir se a tonalidade de sua pele é rosa ou pêssego? Está tendo dificuldade em olhar as veias em seus braços para determinar se sua pele é fria ou quente? Se você não se sente confortável em escolher uma cor de cabelo, consulte um profissional de salão de beleza ou esteticista. Um profissional pode dar uma olhada na sua pele, cor do olhos e cabelo natural, e dizer quais cores de cabelo podem complementar, e não exaltar, os seus tons.
Cuidado:
É impossível passar de um cabelo extremamente preto para um extremamente loiro sem torturar os seus preciosos cachos.