Dicas de escrita para editoriais e artigos persuasivos

Se você é obstinado e é capaz de escrever usando uma linguagem clara e convincente, então você pode querer aprender a escrever editoriais de jornal. Um editorial é uma maneira de um repórter dar sua própria opinião pessoal em relação a uma história, ao invés da abordagem objetiva usada nas notícias de jornal. A maioria dos jornais não oferece trabalho editorial constante a estranhos. Eles tendem a executar editoriais em uma programação regular, diariamente ou de duas a três vezes por semana; e estes são normalmente escritos por repórteres próprios, embora os líderes de comunidade ou especialistas em determinadas áreas sejam ocasionalmente convidados a fazer um editorial. Se você for convidado a escrever um editorial, há algumas coisas a ter em mente:

A primeira coisa que você deve entender é sobre o estilo de escrita adequado, você não precisa comprometer a sua própria voz pessoal, mas é necessário ter escrita clara e concisa. Para obter artigos de ajuda e dicas sobre escrita e sobre como escrever usando o Chicago Manual of Style (Manual Chicago de Estilística) e outros estilos de escrita populares, confira StyleEase (Estilo Fácil)- os seus produtos são perfeitos para escritores iniciantes e moderadamente experientes, e são muito eficazes para aqueles que estão apenas aprendendo a escrever um editorial.

  1. Mantenha o tema em questão. Encontrar tópicos editoriais, e ter idéias, pode estar entre os maiores desafios de qualquer escritor, mas com editoriais o processo muitas vezes é um pouco mais fácil do que com outros tipos de escrita. O tema de um editorial normalmente deve ser acerca de uma notícia ou um evento atual. Não tem que ser uma história ou acontecimento importante, mas deve ser algo com grande apelo para os leitores. Pode ser que as idéias de seu editorial sejam principalmente em torno de histórias locais ou nacionais – o que não será um problema! Se você quiser escrever um editorial sobre algo que aconteceu no passado, aguarde um aniversário do evento para trazê-lo para os dias atuais. Você pode começar a escrever idéias fazendo brainstorming com os amigos e a família.
  2. Use opinião pessoal. A principal diferença entre um editorial e uma notícia é que há espaço para tentar convencer os leitores com a sua opinião pessoal. Isto deve ser feito de forma racional, como acontece com uma notícia padrão, e com a atribuição das fontes, se necessário. Não basta afirmar a sua opinião sobre uma notícia, mas sim usar o seu parecer para orientar a interpretação da história.
  3. Sinta-se livre para usar a emoção, mas de forma limitada. Um editorial escrito por raiva, ou outra emoção forte, não vai deter o poder persuasivo de uma escrita com uma gama limitada de emoção. Certa vez escrevi um editorial sobre a ganância, e como ela estava dirigindo funcionários do governo de uma forma que eu não aprovava. Simplesmente expressei desgosto e decepção, o editorial teve mais impacto do que se eu tivesse escrito uma missiva irritada sobre o quanto eu odiava o governo local. Emoção forte e reativa afasta os leitores, enquanto um tema mais pessoal e emocionalmente brando vai atrair os leitores.
  4. Use uma linguagem persuasiva. Escrita persuasiva é um dos elementos-chave de um bom editorial. Usar uma linguagem clara e ativa em sua escrita é muito mais persuasivo do que uma narrativa fraca e vaga. Vá direto ao ponto. Para mais informações sobre argumentos persuasivos, consulte How to Write a Persuasive Essay (Como Escrever um Ensaio Persuasivo).
  5. Mantenha os fatos verdadeiros. Embora haja uma proteção limitada para artigos de opinião, ainda há uma chance de sua peça ser entendida como difamação. Se você está discorrendo sobre pessoas ou empresas em seu editorial, tenha certeza de que todos os fatos estão corretos e bem atribuídos. Se você estiver escrevendo opiniões negativas sobre pessoas ou empresas, não se esqueça de começar por afirmar que é a sua opinião. Opiniões podem nem ser provadas nem refutadas, e não serão interpretadas como calúnia, a menos que haja um componente óbvio de malícia nelas. Por essa razão, nunca dê nomes.
  6. Tente ser divertido. Mantendo em mente todas as etapas acima; sobre clareza, relevância e verificação dos fatos. Ainda há espaço para escrever de forma divertida. Os leitores geralmente esperam obter mais do que simples fatos de um editorial, por isso não os decepcione. Ter um estilo próprio é fundamental para ter seu editorial notado pelos editores e leitores. Você pode desenvolver seu próprio tom, com tempo para aprimorar suas habilidades na escrita. Uma das melhores dicas para escrever editoriais de opinião é usar o humor para ilustrar seus pontos de vista, quando apropriado.
Editoriais são muitas vezes utilizados para destacar um aspecto da história que tem sido negligenciado. Se você estiver procurando por um tópico, tente ler o jornal e escolher as grandes histórias que podem não ter tido todos os aspectos referidos. Uma colega escreveu um editorial eficaz sobre impostos, ao descrever a cena na empresa de declaração de imposto local, quando foi lá levar o arquivo. Isto deu um aspecto pessoal, e ainda destacou o incômodo e as despesas do imposto. Se você tem uma notícia ou evento em mente, descubra o aspecto que mais se conecta aos leitores, em breve você vai descobrir que a escrita editorial pode ser não apenas lucrativa, mas divertida!

Dicas rápidas:

Mantenha alguns jornais de valor em mãos diariamente, para usar como pesquisa. Isso irá ajudá-lo a evitar escrever algo que já foi escrito sobre o assunto.