Como escrever um artigo científico

Será que o seu estômago sente náuseas quando seu instrutor ou professor atribui um "artigo científico?" Um artigo científico pode ser um projeto de ambiente intimidante - especialmente os maiores. Bem, você pode jogar fora o antiácido; a sua primeira para fazer um artigo científico está aqui.

Esse guia irá levá-lo passo a passo através do processo, te dar muitas opções e mostrar sites úteis para revisar o seu artigo.

  • Use PODER como seu guia: Na sequência da sigla, P-Planejar, O-Organizar, D-Decidir, E-Escrever, R-Revisar.
  • Entenda o seu assunto: Se te for dada a opção de escolher um tema, faça-o. É mais fácil escrever sobre algo que você tem algum interesse ou conhecimento em causa. Se você for atribuído um tópico, familiarize-se com informações gerais sobre o tópico.
  • Desenvolva uma afirmação de tese: O artigo científico é escrito com um objetivo em mente – educar e informar coletando informações. Sua tese é uma afirmação completa, formal, do que você está apresentando. Freqüentemente, num artigo científico, você tem uma hipótese para provar. Você colhe informações e apóia aquele ponto. Essa hipótese se torna a sua tese. Geralmente pode ser dita em uma frase e se torna parte da sua introdução. Aqui estão alguns exemplos:
    • Taxas de seguro mais altas para motoristas menores de 21 anos; vou apresentar estatísticas, levantamento de dados e informações de apoio à minha posição de que esta discrepância nas taxas não deveria existir, uma vez que motoristas menores de 21 anos não apresentam registros de condução pior do que motoristas com mais de 21 anos.
    • Este trabalho apresenta um olhar de perto e pessoal na vida cotidiana, aduana e comércio da tribo indígena Tlinget do sul do Alasca.
    • Escolha de 3 a 5 pontos principais: Escolha de três a cinco pontos, argumentos, ou áreas principais para cobrir no seu artigo. Essas são as "pernas", que se mantém após a sua premissa. Se for um artigo meramente informativo, essas são as principais áreas de informação que você irá abranger. Estes pontos formam o corpo do trabalho.
  • Crie um esquema: O esquema organiza e prioriza as informações de preparação para a escrita. As três peças são a introdução, corpo e conclusão. Coloque seus 3 a 5 pontos principais no corpo. Categorize as informações que você coletou e divida entre os seus pontos principais. Seu processador de texto tem uma função de marcador de texto no menu 'Ferramentas'. Ele também pode ser acessado na barra de ferramentas com o ícone mostrando uma lista 1-2-3.
  • Coleta de dados, estatísticas, cotações e informações: A Internet deve fornecê-lo com um grande volume de informações, mas sempre há bons livros e enciclopédias antigos. Confira livros sobre o seu assunto usando o catálogo da sua biblioteca on-line e o sistema de organização decimal de Dewey.
  • Busca de informações on-line: Usando o Microsoft Encarta, Wikipedia, World Book, about.com, ask.com, ivillage.com ou qualquer outro site de informação online, você pode conseguir dados atualizado relativos praticamente qualquer assunto. Evite sites pagos. Geralmente os primeiros sites a aparecerem em uma pesquisa do Google são anunciantes ou sites pagos.
    Disciplinas específicas têm bancos de dados on-line assim como: medicina, saúde, história, matemática, ciências, etc. Seja específico nos termos da sua pesquisa. Procure sites .Org, .Edu, ou .Gov para a melhores informações. Também procure por colégios, universidades, institutos e departamentos governamentais. Grupos e filiações reconhecidos e terão como objetivo informar os sites em vez de os vender. Eles têm acesso à melhores pesquisas (por exemplo sites, AA, NIMH, OMS, CDC, AARP, DNR, etc.)
  • Conduza pesquisas, se necessário: Alguns artigos científicos podem exigir a realização de suas próprias pesquisas. Você pode fazer isso escrevendo simples pesquisas e distribuindo-as entre os seus colegas. Você pode recolher uma amostra aleatória da informação que você precisa fazendo uma pesquisa de seção cruzada (diferentes idades, sexos, origens socioeconômicas, etc.)
  • Organize seus dados: Coloque os dados que você coletou no seu esquema sob o ponto principal a que se refere. Você pode utilizar o seu formato de esquema para prover informações em ordem de importância. Quanto mais longe você encaixa, menos importante é a informação.
  • Use o seu esquema para escrever o seu artigo: Seu esquema é organizado cronologicamente na ordem em que você vai apresentar os seus pontos. Os tópicos e subtópicos tornam-se os parágrafos, sentenças e detalhes do corpo de seu artigo científico.
  • Inclua notas de rodapé ou notas finais: Siga o formato básico em que você indicar cada citação direta com um número. Uma nota de rodapé será listada na parte inferior da página. Notas finais serão listadas em ordem em uma folha no final.
  • Avalie: Procure erros de sintaxe, gramática, pontuação, ortografia, e organização. Use sua verificação ortográfica e gramatical. Analise-a e peça a um parente ou amigo capaz para fazer isso também. Computadores não podem substituir o bom senso humano.
  • Revisar: Você deverá criar pelo menos 2 a 3 rascunhos de um artigo antes de seu artigo final. Deixe as suas idéias, palavras e materiais 'esfriarem' por alguns dias antes de revisá-lo uma última vez e apresentá-lo. Cada vez que eu reviso meu trabalho, eu acho, mesmo após vários anos, melhores técnicas ou resoluções.
  • Escreva a sua bibliografia: Faça uma lista dos recursos que você usou. Liste a fonte, autor e editora. Organize sua bibliografia por ordem alfabética.
  • Digite, salve e imprima ou copie: Sempre mantenha uma cópia de seu trabalho em 'Meus Documentos', em um disco ou uma cópia impressa.


Isso deverá dar-lhe um bom formato a seguir para o seu artigo científico. Se você der o seu melhor, seu artigo será um sucesso!