Como tocar gaitas

Como todos os instrumentos, as gaitas necessitam de prática e entusiasmo para serem dominadas. Elas podem ser encontradas em muitos estilos diferentes. A mais comum é a gaita diatônica, que também é chamada de harpa do Blues. Ela tem um total de dez furos. Os primeiros quatro são usados para tocar acordes e os seis seguintes são usados para tocar notas únicas. Gaitas diatônicas consistem de uma escala básica principal. Com técnicas mais avançadas, você pode adicionar notas que não ocorrem na escala. Gaitas diatônicas vêm em muitas escalas diferentes, variando das bem altas até as mais baixas.

Outro estilo de gaita é a gaita cromática. Está gaita pode tocar uma escala cromática inteira (todas notas, incluindo sustenidos e bemóis), usando botões, ao invés da técnica ao tocar.

Normalmente usada em música asiática, gaitas trêmulas (ou oitavas) têm duas fileiras de furos que são tocados simultaneamente para produzir um tom ondulado.

O tipo final de gaita é a gaita orquestral, que inclui diversos tipos usados profissionalmente. Estas usam palhetas de latão para produzir uma maior quantidade de notas.

  1. Para começar, compre uma gaita diatônica em escala média, como um Dó maior. A maioria das gaitas é relativamente barata, mas você deve gastar o bastante para que a sua seja fácil de tocar. 
  2. Os dois primeiros termos que você precisa se familiarizar são “assoprar” e “aspirar”. Assoprar refere-se ao processo de produzir uma nota soltando o ar através da gaita. Aspirar é tocar uma nota puxando o ar. Usando os furos quatro a sete, você consegue tocar uma escala Dó maior desta maneira: no quarto furo, assopre, então, puxe (notas Dó e Ré). No furo cinco, repita esse processo (notas Mi e Fá). Continue nesse padrão para os furos seis e sete. Você acabou de tocar uma escala! Pratique essa escala até que você possa tocá-la facilmente, somente movendo a gaita para passar de um furo para outro, nunca sua cabeça.
  3. Quando tocar essa escala, você estará tocando o que é conhecida como primeira posição. Tocar notas de sopro na primeira posição em uma gaita diatônica em Dó maior produzirá notas que estão todas dentro do acorde Dó maior. A primeira posição inclui todas as notas de sopro de alcance médio da gaita.
  4. Tocadores de gaita mais avançados tocam em segunda posição. Esta inclui a maioria dos acordes de ‘aspirar’ na extremidade baixa da escala da gaita. Todas estas notas estão em uma quinta perfeita acima das notas da escala em Dó maior. Notas que estão em quintas perfeitas sempre soam boas juntas, sem dissonância. Estas notas de segunda posição são fáceis de flexionar, mostrando o porquê de a segunda posição ser proeminente no Blues.
  5. Uma vez que você esteja confortável com notas únicas tocadas em primeira posição, tente flexionar algumas notas na segunda posição. Por causa da maneira que as palhetas estão situadas na gaita, as notas podem ser flexionadas somente para baixo, não acima. O método que é usado para flexionar notas é diferente para cada pessoa. Na sua forma mais básica, flexioná-las consiste simplesmente em mudar o ângulo de como o ar entra na gaita. Experimente e faça o que funciona para você, então repita o processo para que você se lembre da próxima vez como você fez.
  6. Quando aprender a tocar gaita, mantenha algumas técnicas básicas para tocá-la na memória. A respiração é sempre feita de seu diafragma, não de seu peito. Respiração peitoral cria um som fino. Você também pode sustentar sua respiração por muito mais tempo se você respirar pelo seu estômago. Se você tem algum problema com isso, faça alguns exercícios respirando profundamente: inspire contando até quatro, checando se seu estômago se expande, e não seu peito. Então, solte o ar contando até oito, mantendo a quantia de ar exalado consistente.
  7. A melhor maneira para aprender como improvisar na gaita é escutar CD’s de artistas que você gosta. Perceba como eles improvisam, mas não tente copiá-los. Crie seu próprio estilo.

Há muitas técnicas mais avançadas para tocar gaita, mas pratique estas formas básicas primeiro. Quando se sentir confiante nestas áreas, comece a adicionar coisas mais difíceis. Logo você estará intervindo com tranqüilidade!

Ferramentas necessárias:

  • Gaita Diatônica afinada em Dó maior.