Como desenhar uma cozinha

Projetar uma cozinha pode ser uma das tarefas mais frustrantes na construção de uma casa. Afinal, ela é tem que ser arrumada mas convidativa; eficiente, mas com espaço suficiente para muitas pessoas, ser um espaço de trabalho, bem como um lugar para relaxar. Muita coisa para um cômodo! Não importa o quão impossível lhe parece, é possível projetar a cozinha de seus sonhos em poucos passos.

  1. Que layout de cozinha vai funcionar melhor no espaço que você tem? Há cinco layouts básicos de cozinha - em formato de L, em formato de U, estilo americano, parede única, e em L duplo. A em L é um bom layout para uma cozinha que fica aberta para uma sala de jantar ou uma sala grande. Ele utiliza duas paredes de sua cozinha. Este projeto funciona bem para uma cozinha que terá mais de um cozinheiro, porque não existem caminhos a serem bloqueados. O segundo layout é o em U. Este é um design que pode fazer um uso bem eficiente de um espaço muito estreito. Por ele usar três paredes, há bastante espaço para o seu "triângulo de trabalho" - mas falaremos mais sobre isso mais tarde. Ele não funciona bem para uma cozinha com vários cozinheiros, a menos que o corredor seja muito amplo. O layout número três é a cozinha estilo americano. É similar ao U, mas elimina a parede no final, deixando duas paredes paralelas. Embora este projeto deixe uma área de trabalho menor do que uma cozinha em forma de U, ele permite o acesso à cozinha por ambas as extremidades, o que pode ser muito útil. O próximo layout é a cozinha de parede única. Nesse layout, todos os seus utensílios ficam alinhados ao longo de uma única parede. Não é um projeto muito eficiente para o cozinheiro, que vai ficar constantemente se deslocando de uma parte da cozinha para outra. Entretanto, se você tem um espaço de cozinha muito limitada, este é sem dúvida um design que economiza espaço. O layout final é em L duplo. Este é um bom layout para cozinhas maiores. Trata-se de um grande L, ao longo de duas paredes que se conectam, e em seguida um L menor, com uma perna em frente da terceira parede da cozinha, com uma península na cozinha. O L duplo é o design preferido pelos cozinheiros gourmet por dar muito espaço para diversos utensílios, bem como um extenso espaço para o balcão.
  2. Como deixar seu triângulo de trabalho o mais eficiente possível? A maioria dos designers de cozinha usam o conceito "triângulo de trabalho" como base para seus desenhos. Este é composto por uma linha imaginária traçada a partir do centro da pia, até o centro da geladeira, depois para o centro do fogão, voltando para a pia . Cada perna do seu triângulo deve ser de pelo menos quatro metros de comprimento, mas não superior a nove metros. Além disso, todo o perímetro do seu triângulo não deve ser superior a vinte e seis metros. Isso ajuda a garantir que você terá muito espaço de trabalho, sem ter passar por etapas para alcançar os utensílios mais utilizados. Uma alternativa para a abordagem do triangulo de trabalho é a abordagem por zona. Com este método, cada parte da cozinha tem uma função designada. Por exemplo, você pode ter uma área para preparação, que pode incluir a pia para lavar legumes e uma mesa de corte integrada para cortá-los. Você pode ter também uma zona de cozimento, que incluiria o fogão, forno, microondas e armários com pratos de fácil acesso; ou uma zona de assamento, que seria perto do fogão e incluiria espaço para seus livros de receitas, assadeiras, e um balcão amplo para esticar massa de pão. A abordagem por zonas funciona especialmente bem se você vai ter vários cozinheiros trabalhando em sua cozinha ao mesmo tempo. Não importa o método que você escolher, você precisa primeiro decidir quais os itens absolutamente necessário para um determinado local, e então programar a concepção em torno destes elementos. Por exemplo, se você tiver um fogão a gás, que deve estar localizado perto da fonte de gás, comece por aí. Ou, se você realmente gostaria de conseguir ver seus filhos no quintal enquanto você estiver lavando pratos ou preparando o jantar, isso é um bom ponto de partida também.
  3. Como você vai usar sua cozinha? Se você adora cozinhar e o faz muitas vezes, você deve ter uma cozinha com bastante espaço de armazenamento, mas concebida de forma eficiente, de modo que cozinhar continue a ser uma experiência agradável. Você pode considerar armários customizados para ter lugar para todos aqueles extras que fazem do cozinhar algo divertido. Se você for um padeiro, você pode considerar uma área com um balcão de mármore, que permanece fria todo o tempo. Isso evitará que a massa de seus pães/biscoitos fiquem muito quente e se espalhe muito quando for assar, e garante que a massa fique crocante e leve, não dura. Se você usa sua cozinha principalmente para entretenimento, você vai querer que seu espaço tenha assentos confortáveis, com áreas abertas para as áreas públicas de sua casa, para que você não fique preso lá cozinhando enquanto todo mundo está socializando. Se você considera sua cozinha principalmente como o lugar que você vai para ligar para a pizzaria, você provavelmente não vai precisar de tanto espaço, mas deve incluir uma área de jantar confortável e espaçosa.
  4. Onde posso encontrar informações mais detalhadas? Se você quiser ser muito cuidadoso ao projetar sua cozinha, você pode consultar as orientações da National Association's Kitchen e Bath (NKBA). Projetar é apenas o primeiro passo no processo. Em seguida, você precisa decidir sobre uma série de outras questões,  como armários, balcões, pisos, revestimentos, janelas, cores de tintas ou papeis de parede! Esse pode ser um processo longo, mas quando tiver terminado, você terá a cozinha que sempre sonhou, e poderá dizer que você mesmo a projetou!