Como comprar assentos automotivos infantis ou para bebês

As crianças dependem dos pais para muitas coisas, sendo uma delas mantê-los seguros contra danos. Uma forma vital de proporcionar essa segurança é proteger adequadamente seu filho com um assento automotivo para crianças. De acordo com os departamentos de trânsito, “as lesões por acidentes de automóvel são a principal causa de morte de crianças". Por isso é necessário escolher cuidadosamente um assento automotivo adequado para o seu filho. Abaixo estão alguns fatores a considerar quando se seleciona um assento automotivo.

  • Assento novo:  Recomenda-se a comprar um assento novo em vez de um de segunda mão para o seu filho. Isso acontece porque o velho pode não ter o manual de instruções, pode ter passado por um acidente, ou pode até mesmo ser um modelo com defeito.
  • Tipos de Assentos: Existem alguns tipos de assentos disponíveis em função da idade, altura e peso de seu filho:
    • Bebê conforto - É adequado para bebês recém nascidos. Seu bebê deve usar um assento infantil virado de costas até que atinja a idade e o peso máximos impostos ao banco (normalmente 1 ano de idade, ou 13 quilos). Depois disto o seu filho deve mudar para um assento conversível.

    Alça: O assento infantil tem uma alça para fácil transporte, que lhe permite transportar com segurança o seu bebê sem ter de soltá-lo e acordá-lo. (Lembre-se de colocá-la para baixo, para evitar danos ao seu bebê).

    Base: Um assento infantil normalmente vem com uma base que é instalada no carro, permitindo que o assento possa ser desmontado e levado embora deixando a base firmada no carro.

    Sistema de transporte: Se você também quer comprar um carrinho de bebê, considere um sistema de transporte. Este é um pacote que inclui um carrinho de bebê, um assento infantil (que se prende  no  carrinho de bebê , e uma base de banco automotivo.

    •   Conversível - Este tipo de assento tem duas posições, virada de frente e de costas. O peso máximo para este tipo de banco é de 18 quilos.

    Virado para frente - Este tipo só poderá ser colocado de frente. Uma criança é colocada nesse assento quando atinge a altura, idade e peso adequados para a posição

    Assento de elevação ou “booster”  - Este tipo é para crianças que atingiram a idade ou o peso máximo para um conversível, ou a cabeça atingiu o topo do assento.
  • Normas de Segurança: Certifique-se de comprar um assento que atenda às normas de segurança.
  • Tamanho: O assento deve ser compatível com o seu veículo; alguns podem ser grandes demais para caber na parte de trás do seu carro. Tente diferentes modelos e, se possível, antes de comprar um assento tente encaixar-lo em seu carro, para ver qual se encaixa melhor, se isso não for permitido, certifique-se de que você pode devolver o assento. Também tenha em mente que um assento estreito pode ser mais apropriado, nos casos em que você tem outros passageiros no banco de trás. Lembre-se de nunca colocar um assento no banco da frente ou do lado do passageiro, se houver airbags nestes lugares. O local mais seguro para posicionar o assento é na parte central dos bancos traseiros.
  • Cintos de 3 pontos  versus de 5 pontos: Especialistas acreditam que é mais seguro ter um sistema de cintos de 5 pontos (duas tiras ajustáveis ao longo dos ombros, duas tiras ao longo dos quadris e um Y nas pernas), em comparação com um sistema de 3 pontos  (tiras ao longo de cada ombro prendendo entre as  pernas).
  • Cintos de segurança: Devem ser grandes e livres para girar e prender, dando ainda mais proteção à criança.
    • Ajustes dos cintos - Ter um mecanismo na frente para ajustar a tira facilita aperta-la e, portanto, oferece proteção adequada para seu filho. Tenha em mente que as tiras podem precisar ser apertadas ou afrouxadas dependendo da roupa que seu filho usar. No caso de assentos voltados para trás, certifique-se que o mecanismo de ajuste não está muito baixo, caso contrário será difícil de alcançar.
    • Posição das tiras - As tiras devem ser atacadas nos ombros ou logo abaixo dos ombros do seu filho. Deve haver apenas no máximo um dedo de espaço entre as tiras e a clavícula do seu filho.
    • Fivelas - Um assento com mais fivelas nas tiras é ideal para crianças em crescimento e/ou grandes.
  • Fivelas de Peito: Fivelas duplas são mais fáceis de usar e difícieis para as crianças abrirem. Também impedem a torção das tiras. A fivela deve ficar no peito do seu filho e deve ser ao nível da axila.
  • Indicador de Nível: Tente encontrar um assento automotivo que tenha um indicador de nível, isso assegura que a cadeira está instalada no ângulo correto. Assentos que não têm um indicador de nível devem ser posicionados em um ângulo de 45 graus. Para conseguir isso, você pode usar uma toalha enrolada ou um rolo para massas na base do assento do carro, a fim de ajustar o ângulo do assento. O assento automotivo não deve se mover mais de 1 centímetro de lado a lado.
  • Limites de Peso: Um assento virado para  trás é o mais seguro para seu filho. Portanto, selecione um para bebê ou conversível que tenha um limite maior de peso para a posição virada para trás.
  • Coberturas: capas que possam ser removidas facilmente e lavadas a máquina são as ideais, já que as crianças tendem a ser muito bagunceiras.
  • Laterais acolchoadas: Alguns assentos têm estofamento extra em cada lado da cabeça. Estes ajudam a proteger o seu filho em caso de um impacto, e são também mais confortáveis para a criança quando dormindo, poder manter a cabeça em uma posição vertical.
  • Trava superior (Top Tether): Alguns assentos, voltados para frente, vem com uma trava superior localizadas na parte traseira do assento do carro, proporcionando assim uma segurança extra. Ela é presa por um conector encontrado no teto, piso ou banco traseiro do carro (somente nos veículos fabricados após 1 de Setembro, 1999). Ao comprar um assento com este sistema, experimente o mecanismo de ajuste, pois alguns são fáceis de usar, enquanto outros são mais difíceis.
  • Sistema LATCH: Carros e assentos, fabricados antes de setembro de 2002, requerem o uso do cinto de segurança do veículo para instala-los, enquanto os fabricados depois de 2002 vêm com um sistema LATCH (Lower Anchors and Tethers for Children - cintos e pontos de fixação mais baixos para crianças), para segurar o assento. Também é possível adaptar um sistema de trava de alguns assentos sem LATCH. Na escolha de um sistema LATCH, experimente o mecanismo de ajuste, pois alguns são fáceis de usar, enquanto outros são mais difíceis.
  • Registro: Depois de comprar o seu assento não se esqueça de registrar o produto, preenchendo a garantia, a fim de receber informações sobre qualquer recall.
A questão é escolher um assento que lhe permita facilmente manter seu filho seguro no banco, porque não importa as muitas características que o assento possa ter, será inútil para proteger o seu filho se ele não se prende apropriadamente