Como fazer uma fogueira

Nós todos já fomos queimados (no sentido figurado) por péssimas fogueiras no passado. Talvez porque fazer fogo é um esforço humano tão antigo, falhar em fazer uma boa fogueira pode ser uma experiência humilhante. Você pode levar vários dias guardando jornal para tentar acender uma fogueira no primeiro dia de acampamento. Você poderia até mesmo cheirar mais como fumaça de churrasco do que você teria outra forma. Talvez você não se preocupa as suas inaptidões de fazer fogo, juntamente com as suas sobrancelhas salientes, pode levar à comparações entre você e Ron Perlman no clássico "A Guerra do Fogo". Muito pior, você pode ficar com frio. Evite este infortúnio! Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a fazer a fogueira perfeita.

  1. Planejar com antecedência. Isso significa levar os suprimentos que permitirão que você construa a sua fogueira com a maior facilidade. Leve o essencial: alguns jornais, fósforos, troncos e gravetos. Se você comprar lenha em uma loja local, provavelmente já terá umas poucas peças de gravetos no molho, mas às vezes, os pedaços menores de madeira nos molhos ainda são basicamente troncos cortados. Verifique o seu molho! Você pode achar que é necessário cortar um tronco maior em gravetos, a fim de fazer a sua fogueira.
  2. Com teepee (tenda de lona) ou sem teepee? Em uma lareira em casa, talvez você esteja acostumado a fazer fogo utilizando a técnica conhecida como "cabana". Um fogo “cabana” é basicamente em forma cúbica. Você começa colocando alguns jornais e gravetos (se você tiver um rack com grades dentro da lareira, o papel pode ir por baixo enquanto os gravetos vão em cima. Nos dois lados paralelos destes gravetos e papel, você coloca duas toras paralelas uma à outra. Em seguida, adicione um segundo nível de toras, espaçadas e paralelas entre si, mas perpendicular às toras base. Quando você olha diretamente para baixo na estrutura, é possível ver basicamente um quadrado de toras enquadrando o papel e os gravetos. Você continuará empilhando toras desta maneira como se estivesse construindo uma cabana para lagartos, ou algo do tipo, muito pequenos e descontentes. Você pode ser tentado a aplicar a mesma técnica em uma fogueira, mas você não deve! Qualquer escoteiro irá informá-lo (e eles estão certos sobre isso) que a melhor técnica para um acampamento é o estilo de fogo "Teepee". Para fazer uma fogueira usando a técnica Teepee, você vai colocar as suas toras grandes em forma de uma tenda - vertical e inclinado em direção ao interior, para que as suas pontas se unam no centro. O resultado final é, basicamente, um formato mais triangular e vertical, enquanto que a cabana é mais circular.

    • Começe da mesma forma como acontece com qualquer outro fogo -, coloque jornal e, em seguida, gravetos. Coloque bolas de jornal no centro da cova. Cercar isso será um pequeno "Teepee" de gravetos. Crave duas varas de pequenos gravetos no chão verticalmente, uma em frente a outra com o jornal no centro. Agora, encoste as varas no topo de modo que os seus pontos de cima se encontrem e apóiem um no outro sobre o papel. Continue adicionando varas opostas em torno do papel até que o papel central esteja rodeado por gravetos encostados.
    • Em volta disto, faça uma Teepee maior de pequenas toras.
    • Acenda primeiro o jornal, que por sua vez vai incendiar os gravetos, e esperemos que acenda as toras maiores circundantes. Se o jornal não consegue fazer o fogo pegar nos gravetos, coloque um pouco mais jornais e outras coisas no centro mais uma vez.
    O fogo Teepee vai acebder eficazmente e mais fácil do que um fogo tipo cabana, e não necessita de qualquer base para a sua plataforma de toras para a sua ventilação. Depois que a estrutura do Teepee cair, acrescentar toras cuidadosamente no centro da fogueira.
  3. Alternativa de alto-vento: método Inclinação. Se você tem um alto e predominante vento no local do seu acampamento, e você quer programar a sua fogueira para que este vento previsível não impeça o seu fogo de se acender, considere o método de inclinação então.

    • Coloque um monte de jornal e gravetos deitados no chão e, em seguida, coloque uma grande tora como um quebra-vento em frente do monte.
    • Incline alguns gravetos e pequenos troncos ao longo do monte, para que eles vão do seu ponto de suporte na tora grande até o chão além do monte.
    • Quando você acender o seu monte, a tora grande irá proteger a chama pequena do vento.
    Não é um cenário tão desejável como um Teepee, porque a tora grande pode não pegar bem, mas será mais fácil de fazer a fogueira em um vento muito forte que vem impiedosamente de uma direção.
  4. Uma fogueira deve respirar. Fogo precisa de oxigênio, por isso, certifique-se de espaçar as suas toras e gravetos com lacunas que permitem que o oxigênio entre na fogueira. Se você só empilha toras uma em cima da outra, há o risco de o fogo se apagar. Mesmo maços de papel podem apagar um fogo pegando.
  5. Não faça lacunas muito grandes... Apesar de uma fogueira precisar respirar, o fogo também tem que pegar. Principalmente quando você começa a acender a sua fogueira, certifique-se de que os toros e gravetos, embora espaçados para fornecer ar, estejam perto o suficiente para espalhar o fogo entre si.
  6. Mantenha a sua madeira o mais seco possível em todos os momentos. Madeira úmida pode molhar o seu espírito - difíceis de queimar e fazem mais fumaça, também.
  7. Medidas desesperadas. Se você se antecipar utilizando madeira úmida ou tentando iniciar a fogueira em condições de ventos, pode valer a pena visitar loja ao ar livre local para comprar um pacote de ajudas para iniciar fogo. Alguns vêm em forma de bastões de combustível. Você pode até achar pastas inflamáveis que ajudam em más condições. Bastões de combustível para fogueiras servem tanto como isqueiros quanto como gravetos e, em certa medida, eles queimam por mais tempo que os fósforos e são maiores. Mas você ainda deve ter algum gravetos para garantir que você fará uma fogueira saudável, e você ainda precisará fósforos para acender os bastões de combustível. Pastas podem ser aplicadas diretamente às superfícies que você quer queimar.
  8. Prática de segurança correta para fogueira. Não se deixe queimar numa fogueira.

    • Não brinque com líquidos inflamáveis.
    • Mantenha o seu fogo bem contido dentro da área designada. Certifique-se que não existem ramos, galhos ou quaisquer outras substâncias entrando na região do seu fogo.
    • Sempre mantenha um olho na sua fogueira, nunca deixando sem vigilância. Apague o fogo antes de se deitar.
    • Esteja consciente de suas roupas quando você chega perto do fogo. Poliéster vai derreter na sua pele dolorosamente, e peças soltas e podem pegar fogo rapidamente.
    • Luvas de fogo é um ótimo investimento.
  9. Pratique. Se você não está fazendo uma boa fogueira, é possível que você esteja apenas sem prática. Não estou sugerindo que você faça fogueiras o tempo todo, mas uma sessão prática ocasional em sua lareira é uma boa idéia (economiza na conta de energia, também). Demora mais do que proeza técnica para fazer uma bela, inspiradora fogueira, você tem que estar com o fogo, antecipar cada ondulação e chama dominante, todas as gavinhas de fumaça. Como a chama vai se quebrar se você lhe colocar uma tora? Sua capacidade de prever este tipo de resultado vai determinar se o fogo crepita e balbucia em direção a um inútil, impotente fracasso, ou atinge a força, transfixando a cordialidade que você pretende prestar.

É isso mesmo, eu disse, "prestar". Pelo que sei, você tem uma família ou amigos que dependem das suas habilidades de sobrevivência lá fora na selva intocada. Não os decepcione; a admiração deles nunca será tanta à medida que a leve tremulação da fogueira aparece. E, além disso, os marshmallows não vão se assar sozinhos.