Como fazer um currículo lattes

Se você estiver procurando um emprego, você pode ter percebido que algumas empresas têm pedido Currículo Lattes (ou simplesmente Lattes) em vez de um currículum vitae (CV). Muitos candidatos assumem que um Currículo Lattes e um currículum vitae são termos diferentes para a mesma coisa, mas isso não é necessariamente verdade. Curriculum Vitae e Currículo Lattes são semelhantes, é certo, mas as diferenças são importantes. Se você enviar um Lattes em vez de um CV, você corre o risco de parecer que é inexperiente e ingênuo - qualidades que definitivamente não vai gritar “Me contratem!" aos potenciais empregadores.

O que é um Lattes? O Lattes traduz a grosso modo "Esta é a minha vida." Em outras palavras, o seu curriculo lattes é utilizado para tirar uma foto de sua vida para possíveis empregadores. O Lattes é mais do que apenas uma listagem dos seus empregos anteriores: É um recurso que descreve tudo o que você fez na vida inerentes à sua carreira.

A principal diferença no conteúdo de um Currículo Lattes, em oposição a um Curriculum Vitae é que geralmente espera-se que o Lattes inclua mais detalhes e, portanto, seja um pouco mais longo. Em geral, espera-se que um Lattes tenha uma ou duas páginas para um profissional que está entrando no mercado de trabalho, de duas a quatro páginas para um profissional com alguma experiência, e até umas sete páginas para um profissional experiente. Não importa o quão experiente você é, o seu Lattes não deve exceder dez páginas.

Quando geralmente é exigido um Lattes? Você, provavelmente, terá percebido que alguns anúncios de emprego solicitam um Lattes , enquanto outros simplesmente pedem um curriculum vitae. Normalmente, posições acadêmicas são as que exigem curriculum Lattes. Você deve esperar ser solicitado a fornecer um Lattes quando estiver aplicando para um(a):

•    Posição de Ensino

•    Professorado

•    Cargo científico

•    Cargo de pesquisa

•    Emprego Internacional

    Associação

O que um Lattes deve incluir? Seu currículo Lattes sempre deve começar com as suas informações pessoais e terminar com suas referências, se tiver alguma. No entanto, a ordem das outras seções dependem só de você. Lembre-se, o seu currículo Lattes é utilizado para representar a sua vida como um todo, por isso é provavelmente melhor listar seus pontos mais fortes antes dos seus pontos mais fracos. Por exemplo, se você é recém-formado ou tem apenas alguns anos de experiência, ou se o seu registro acadêmico é bastante impressionante, você pode listar primeiro a seção de educação.

Além disso, todos os Currículos Lattes que você mandar devem ser adaptados para o cargo específico para o qual você está aplicando. Isso significa que você só deve listar experiências que estejam relacionadas com este cargo. Você também pode mudar a ordem das seções em seu currículo, para que a experiência mais estreitamente relacionada com o trabalho esteja listada anteriormente em seu currículo.

•    Informações Pessoais. Como um currículo vitae, o Lattes deve começar com o seu nome e informações de contato. Também como um currículo vitae, não é necessário ter um título de assunto nesta seção. Alguns candidatos a emprego e empregadores sentem que, uma vez que um curriculum vitae supostamente é uma representação da sua vida como um todo, esta seção deve incluir detalhes pessoais, como sua data e local de nascimento, seu status de casamento, bem como o número de filhos que têm. No entanto, outras acham que isso é pouco profissional, para não falar prejudicial para as suas chances de conseguir o emprego. Se você decidir colocar esses detalhes pessoais no seu Lattes, é com você, mas você não deve definitivamente nunca fazê-lo se você sente que poderia prejudicar o empregador contra você.

•    Declaração de Propósito. Se você incluir uma declaração de finalidade, também conhecida como uma missão pessoal, em seu currículo, ela deverá seguir imediatamente a sua informação pessoal. Esta seção deve ter apenas uma ou duas frases, e deve fazer duas coisas: Dizer onde você está na sua carreira, e o que você está procurando no seu próximo trabalho. (Observação: Como você está ajustando o seu Lattes para o emprego específico, suas metas em sua missão pessoal devem coincidir com a posição para a qual você está aplicando.)

•    Resumo das Qualificações. Assim como em um currículum vitae, o seu resumo de qualificações deve fornecer ao empregador uma lista de suas mais importantes qualificações. Esta seção deve incluir no máximo uns cinco pontos, mas cada um deve quantificar suas realizações com números, pois isso dará uma melhor impressão a um potencial empregador.

•    Educação. Como um currículum vitae, o Lattes apresenta uma seção que lista seus graus de educação em ordem cronológica inversa. Cada ponto deve incluir a escola, a cidade e o estado onde a mesma está localizada, o grau e o foco do estudo, bem como a data em que se formou. A maioria dos profissionais nos campos acadêmicos têm educações impressionante, e é por isso que esta seção freqüentemente é a próxima no curriculum Lattes. No entanto, se você sente que um outro ponto é mais forte ou mais relevante para a posição que você está aplicando, você pode reorganizar o seu currículo de acordo.

•    Prêmios. Embora alguns currículum vitaes incluam seções de prêmios e honrarias, estas seções são curtos e podem ser aglomeradas com realizações. No mundo acadêmico, porém, experientes profissionais muitas vezes têm uma longa lista de prêmios em seu nome. Por esta razão, pode ser colocada uma seção separada de prêmios em um Lattes.

•    Subvenções. Se você tiver solicitado e recebido importantes bolsas, essas podem ser consideradas como "direitos merecidos", também. No entanto, nem todos os acadêmicos profissionais as têm, tornando esta seção opcional.

•    Histórico de Empregos. Outro ponto que o currículum vitae e o currículo lattes têm em comum o é a seção de empregos. Como em um currículum vitae, seu histórico de emprego deve ser listado em ordem cronológica inversa.

•    Publicações. A maioria dos candidatos que usam o CV nunca precisaria de uma seção de publicações, mas muitos pesquisadores, professores e cientistas têm seus trabalhos publicados em publicações acadêmicas. Esta seção é uma oportunidade para listar todos os créditos de publicações que você alcançou.

•    Pesquisas. Muitos acadêmicos profissionais têm dedicado uma parte de sua educação e / ou a carreira à pesquisa. O formato do curriculum lattes permite a esses profissionais a possibilidade de dar uma atenção especial a esses esforços.

•    Associações Profissionais. Outra diferença notável entre um currículo vitae e um currículo lattes é a necessidade de uma seção "Associações Profissionais". A maioria dos profissionais não-acadêmicos, não pertencem a nenhuma das organizações profissionais. Profissionais acadêmicos, por outro lado, muitas vezes pertencem a diversas. Uma vez que as associações profissionais são consideradas altamente tradicionais no meio acadêmico, esta seção pode ser usada para incluí-las no curriculum lattes.

•    Trabalho Voluntário. Ter doado o seu trabalho para o bem da comunidade é uma vantagem e deve ser incluído no seu Lattes. Trabalho voluntário também pode ser utilizado para demonstrar experiência e competências, mesmo que elas não tenham sido adquiridas através do trabalho remunerado. Além disso, você pode querer incluir qualquer experiência relevante que você teve enquanto prosseguia seus hobbies e interesses pessoais.


•    Referências. Assim como em qualquer outra indústria, anúncios para posições acadêmicas podem pedir referências. Esta deverá ser a última seção no seu Lattes, e deve incluir três a cinco referências profissionais. Suas referências devem ser capazes de falar com conhecimento e positivamente sobre o seu trabalho, por isso, se possível, você deve escolher colegas, que conhecem você há pelo menos vários anos.

Como você pode ver, uma das principais vantagens de um Lattes é a sua flexibilidade. Se nunca escreveu um curriculum lattes antes, você poderá descobrir que as muitas seções opcionais podem ser difíceis. No entanto, é importante lembrar que um currículo é projetado para permitir que você represente a si mesmo ao seu melhor proveito. O seu Lattes deve ser escrito e organizado de uma forma que você ache que melhor reflita a sua personalidade singular e sua qualificação para o trabalho específico.