Como verificar e alterar o fluído de transmissão automática

Trocar você mesmo o fluído de transmissão automática de seu carro pode te fazer economizar algum dinheiro. O fluído de transmissão ajuda a esfriar a transmissão, e uma transmissão bem refrigerada dura 150.000 quilômetros ou mais. Se você decidir trocar seu fluído de transmissão automática, certifique-se de eliminar o fluído velho corretamente e tomar precauções para evitar qualquer contato com sua pele ou olhos.

Se você está pensando em levar seu carro ao mecânico para este procedimento relativamente simples, não se esqueça de pegar uma cópia de O Mecânico Passado a Limpo antes de sair, este manual irá ajudá-lo a poupar dinheiro, ensinando sobre golpes comuns que podem acontecer em mecânicas de carros.

Um mecânico não é necessário para tal procedimento - você pode facilmente trocar o fluído de transmissão! Veja como fazer isso.

  • Verifique o nível do fluído: Vamos começar a falar como verificar o fluído de transmissão. Abra o capô, ligue o carro e deixe-o inativo. Deixe a transmissão em estacionado. Sempre verifique os níveis de fluído quando o carro estiver em execução. Se você tentar verificar os níveis quando o motor está desligado, você obterá medições imprecisas.
  • Limpe toda a sujeira ou gordura que esteja no tubo. Então remova a vareta do fluído da transmissão e veja o nível indicado. Um fluído de transmissão novo é vermelho. Um fluído antigo é bem mais escuro, quase preto.
  • Um fluído de transmissão em nível baixo é sempre um mau sinal. Se seu fluído de transmissão estiver baixo, isso é provavelmente devido a um vazamento na vedação ou em algum lugar no sistema de resfriamento que vai até o radiador.
  • Intervalos de troca de óleo: Você pode estar se perguntando, "Com que frequência devo trocar o fluído de transmissão?" O intervalo recomendado entre as trocas é de geralmente 50.000 a 65.000 quilômetros. Muitas pessoas esperam muito tempo para trocar seu fluído, mas você deve tornar isso parte da manutenção básica do carro. Se você esperar até que a transmissão fique ruim ou comece a escorregar, provavelmente você já esperou tempo demais e uma revisão de transmissão pode ser necessária.
  • Drenando o líquido de transmissão: Primeiro, aperte o freio de emergência e bloqueie os pneus para evitar que o carro se mova. Desconecte a linha de arrefecimento que vai da transmissão para o radiador. Coloque um pedaço de tubo de borracha no tubo e coloque a extremidade livre do tubo em uma garrafa vazia. Ligue o motor e deixe-o inativo. O fluído de transmissão deverá ir da linha de refrigeração para a garrafa. Assim que o fluído parar, desligue o motor. Você pode ter que colocar o carro em estado de dirigir para fazer o líquido fluir. Certifique-se de mandar o fluído para um centro de reciclagem. Reconecte a linha de arrefecimento no radiador.
  • Retire a tampa de drenagem: Retire os parafusos que seguram a tampa de drenagem do fundo da transmissão. Isso pode ser um pouco confuso, mas seria pior se você já não tivesse retirado a maior parte do fluído.
  • Limpe a tampa de drenagem: Use fluído de transmissão e limpe o interior da tampa de drenagem. Remova todos os traços de metal, lama e detritos. Também limpe os traços de ímã do fundo da tampa
  • Substitua o filtro: Retire o filtro e substitua por um novo. Não perca tempo tentando limpar um filtro para reutilizá-lo, sempre substitua o filtro quando trocar o fluído de transmissão. Certifique-se de que os anéis no novo filtro estejam encaixados corretamente.
  • Substitua a vedação: Geralmente é melhor substituir a vedação da tampa de drenagem. Você pode melhorar a vedação usando um adesivo preto RTV
  • Instale a tampa: Depois que o filtro e a vedação estiverem no lugar, coloque a tampa de volta na transmissão. Dê as primeiras voltas do parafuso com as mãos para que você espanar a rosca. Use uma chave de torque para apertar mais os parafusos.
  • NÃO APERTE DEMAIS OS PARAFUSOS. Isso pode danificar a rosca na transmissão es dentes da tampa.
  • Coloque o fluído novo: Verifique o manual do proprietário para determinar o tipo correto e a quantidade de líquido para se usar em seu carro. Geralmente é o fluído do tipo Dextron III, mas verifique o manual ou um guia sobre fluídos de transmissão para checar se seu carro não requer um tipo diferente. Verifique o nível de fluído usando a vareta com o motor e a transmissão ligados. Tenha cuidado para não adicionar líquido demais.
    .


Trocar o fluído de transmissão pode parecer trabalhoso, mas pode fazer você economizar bastante dinheiro.