Incubando ovos de galinha

Há muitos fatores importantes para considerar quando se está incubando ovos de galinha. Estes fatores podem ser geralmente divididos em três categorias: escolher os ovos certos, escolher uma incubadora, e manter condições apropriadas de incubação.

1.    Escolhendo os ovos certos.

  • Primeiro, você deve considerar as galinhas responsáveis por fertilizar e pôr os ovos. Os ovos devem vir de galinhas adultas saudáveis que tenham um percentual alto de fertilidade, não foram incomodadas durante o acasalamento, foram alimentadas com uma boa dieta, e não eram da mesma família.
  • Examine os ovos. Eles também devem ser de um formato regular e tamanho proporcional, não maior ou menor que um ovo típico produzido por suas galinhas. Suas cascas não devem ter nem buracos nem rachaduras porque tal dano poderia encorajar organismos de doença a penetrar no ovo. Com esta mesma preocupação em mente, você não deve lavar nem limpar o ovo, pois você pode remover a camada de proteção natural do ovo que o protege de tais organismos.
  • Os ovos também devem ser corretamente cuidados antes da incubação. Isto irá ajudar a garantir uma incubação produtiva. Para cuidar dos ovos de galinha:
  1. Armazene os ovos em uma superfície fria e úmida, idealmente de 55’F com 75% de umidade.
  2. Armazene os ovos com a ponta maior para cima.
  3. Vire os ovos diariamente, use um sistema de marcação de X e O para acompanhar.
  4. Ovos podem ser armazenados por até sete dias.
  5. Permita que os ovos gelados se aqueçam à temperatura ambiente de onde a incubadora de ovos está localizada antes de colocá-los dentro da incubadora.
2.    Escolhendo uma incubadora de ovos. Galinhas podem ser tanto incubadas usando uma galinha chocadeira quanto em uma incubadora. Se você decidir tentar incubar ovos de galinha, aqui estão dois tipos de incubadoras: ar-forçado e ar-parado.
  • Incubadoras de ar-forçado são grandes, têm um ventilador, incubam um grande número de ovos e exigem pouca atenção.
  • Incubadoras de ar-parado são pequenas e não têm ventilador, incubam um número menor de ovos de galinha e exigem mais atenção.
  • Galinhas chocadeiras exigem pouca atenção, fazem todo o trabalho sozinhas e são essencialmente uma incubadora e chocadeira. No entanto, chocar pode cansar uma galinha. Certifique-se de que ela se estique e se alimente ocasionalmente.
3.    Mantendo as condições apropriadas de incubadora.
  • A temperatura deve ser de 100’F para incubadoras de ar-forçado e de 102’F para incubadoras de ar-parado. Confira a temperatura colocando o termômetro de incubação na mesma altura em que o topo dos ovos ficariam. A fonte de calor deve ser ajustada se necessário.
  • A umidade deve ser de 58 a 60% do primeiro dia ao 18° e deve ser aumentada para 65% do 18° ao 21° dia. Isto é importante para evitar perda de umidade nos ovos.
  • As ventilações de ar devem ser abertas lentamente conforme os pintinhos começam a quebrar os ovos para uma ventilação apropriada.
  • Os ovos deveriam idealmente ser virados quatro a seis vezes por dia, mas duas ou três vezes irão bastar. Virar um número maior q isso por dia é melhor. Vire os ovos até o 18° dia, e então não os vire mais – virar após o 18° dia pode ferir o pinto.
  • Incubadoras de ar-forçado têm viradores automáticos.
  • Ovos em incubadoras de ar-parado devem ser virados à mão. Use a técnica de marcação X e O para ajudar a manter as viradas corretas.
  • Sempre tenha certeza de que suas mãos estão limpas antes de manejar os ovos ou pintos.


Os pintos começam a sair do ovo no 21° dia. Se todos os ovos não chocarem até o 25° ou 26° dia, remova os ovos restantes e descarte-os. Se você tem crianças, iluminar os ovos de galinha é uma forma muito divertida de realmente mostrar a eles o desenvolvimento da galinha dentro do ovo.