Como tratar o melanoma canino: Saúde e doença canina

O melanoma canino é um câncer que pode ocorrer na boca, dedos dos pés, por trás do olho ou na pele de um cão. Os melanomas caninos que ocorrem na boca, dedos dos pés ou atrás do olho geralmente são malignos, o que significa que esse câncer pode se espalhar. O melanoma canino de pele geralmente é benigno, o que significa que os tumores não se espalham. Tenha em mente que esta é uma regra prática geral, e sempre há exceções.

Os sintomas de melanoma canino são:

  • Lesões cutâneas de cores e formas irregulares
  • Respiração difícil
  • Perda de apetite
  • Babar
  • Tosse
  • Perda de peso
  • Dificuldade em engolir
  • Tumores visíveis

O diagnóstico do melanoma canino por um veterinário depende da obtenção dos resultados de:

  • Exame físico O veterinário realiza um exame físico do cão, incluindo palpação dos gânglios linfáticos.
  • Exames de sangue O veterinário extrai sangue do cão e examina este sangue, obtendo um hemograma.
  • Radiografia do tórax O veterinário fará um raio-x de tórax do cão, para verificar o estado dos pulmões.
  • Biópsia O veterinário pode fazer uma biópsia do tumor para fazer um diagnóstico.

O tratamento de melanoma canino por um veterinário inclui:

  • Cirurgia O veterinário pode fazer uma cirurgia, para remover todos ou pelo menos tanto quanto possível do tumor.
  • Radiação Tratar o tumor com radioterapia promove o encolhimento do tumor. A radiação é administrada em ciclos de três doses, dados no dia 1, dia 7 e no dia 21.
  • Quimioterapia A quimioterapia funciona melhor quando combinada com dacarbazina.


O prognóstico para o melanoma canino não é nada bom, sendo a melhor das hipóteses quando estiver situado na pele do cão. O prognóstico para o melanoma canino é mais desfavorável ainda quando o câncer está localizado na boca, nos dedos dos pés ou atrás dos olhos. Os tumores se espalham rapidamente quando não são tratadas, e podem se espalhar mesmo que o tratamento seja tentado. O melanoma canino pode mesmo voltar a ocorrer após o tratamento.

Apesar de o prognóstico para o melanoma canino não ser muito bom, o tratamento recebido por um cão com diagnóstico de câncer pode prolongar a sua vida, ainda que apenas por um curto período de tempo. Claro que, tal como com qualquer tratamento médico que exija cirurgia, radioterapia e quimioterapia, o custo pode ser muito alto. O dono do cão terá de decidir se pode pagar para o seu cão ter o tratamento. Se não, as opções são ou deixar o câncer seguir seu curso, o que pode ser doloroso para o cachorro e pareceria muito cruel, ou o veterinário praticar uma eutanásia e sacrificar o cão, pondo fim à dor e ao sofrimento. Lembre-se de sempre procurar promover a saúde dos cães, especialmente durante este período difícil para seu amigo.