Como limpar a água de seu aquário

Para manter a alta qualidade da água para seu peixe, é importante renová-la parcialmente de tempos em tempos. Saiba como fazer isso da maneira certa e com o menor risco para seu peixe e vegetais, mantendo a água limpa e bonita.

  1. Verifique se a renovação de água é realmente necessária checando o cheiro e a cor. O primeiro passo é verificar se a água está muito insalubre. Se o cheiro é duvidoso (e eu quero dizer realmente fedido - um aquário tem um cheiro natural) e a cor não tem uma aparência limpa e sim turva e pesada, vai ser necessário verificar os filtros. Não se esqueça de fazer uma mudança parcial da água seguindo as próximas etapas.
  2. Tire a água. Você pode fazer isso usando um pequeno balde, com cuidado para que não machuque seu peixe ou cause qualquer dano à decoração do aquário e outras coisas. Se você tiver uma mangueira e um sifão  o resultado será melhor.
  3. Quanta água devo tirar? Não existe nenhuma medida exata que possa ser usada em qualquer aquário, então isso é algo que você tem que determinar por si próprio. Na maioria dos casos, renovar 1 / 3 do volume da água por semana já está bom e é seguro. Mas às vezes pode haver um acidente - a água ficar muito turva, o filtro quebrar, as crianças alimentarem demais o peixe – nesses casos você deve renovar maiores quantidades de água.
  4. Comece limpando o fundo do aquário. Se você limpar o aquário e renovar a água, mas em poucos dias parecer turvo e pesado novamente, talvez você esteja alimentando demais seu peixe, ou você precise fazer uma limpeza no fundo do tanque. É muito simples, tudo que precisa é uma mangueira de limpeza de aquário (você pode comprá-la em quase todas as lojas de aquário) que aspire o fundo, levando a sujeira para fora e mantendo tudo no lugar.
  5. Confira os filtros. Limpar o aquário é também uma oportunidade para verificar os filtros. Você pode renovar os materiais de filtragem e o carbono. Se você usa filtros que necessitam de um refil do fabricante, há sempre instruções sobre por quanto tempo ele pode ser usado, e quando será necessário obter um novo refil. O mesmo é válido para os controladores de nível de carbono e amoníaco. Se você não usa modelos com refil, é necessário ter alguma experiência. Você tem que notar se a sujeira pode ser limpa (com água) ou não. A troca de materiais filtrantes a cada 2 semanas é ok na maioria dos casos, mas você tem que considerar as especificidades do seu tanque, lembrando-se sobre a alimentação, a população, instalações etc
  6. Limpe as paredes. Usando uma esponja para limpeza de aquário, você pode tirar a sujeira das paredes. A água é importante, mas a limpeza das paredes vão fazer seu trabalho ficar mais brilhante.
  7. Prepare a nova água. A água que você usa no aquário deve ser potável, com a mínima quantidade de cloro possível. É altamente recomendável que você use algum tipo condicionador de água para fazê-la ficar aceitável para peixes e plantas. O nível PH deve ficar próximo ao do seu aquário. Para este tipo de verificação, você pode usar testes de PH que podem ser comprados em pet shops e lojas de aquários. Se o nível não estiver próximo, você pode usar corretores de nível PH. Lembre-se que o PH ideal para seu tanque depende das espécies de peixes que você tem, e que níveis diferentes de Ph na nova água podem ser usados para corrigir níveis de PH muito ácidos ou alcalinos (técnica recomendada apenas para aquaristas experientes!).
  8. Complete o volume de água do aquário. Coloque a nova água no aquário com cuidado, com ajuda de um balde e mangueira (você determina o que é mais necessário em cada caso).