Como instalar um aquário de água doce

Um belo aquário de água doce pode dar cor e vida à sua casa ou escritório. Ter um aquário não é difícil, mas há decisões a serem feitas. Aqui estão alguns passos que você pode tomar para ter seu próprio aquário.

•    Antes de comprar qualquer coisa, pergunte-se algumas questões preliminares. Qual é seu orçamento? Você tem espaço necessário para um aquário? Note que um galão de água pesa cerca de 8,33 libras - essa pode ser uma consideração importante se você estiver planejando colocar o aquário em um andar superior. Vai ter apenas peixes ou plantas aquáticas também? Suas respostas a essas perguntas irão determinar o tipo e o tamanho do aquário você poderá ter.

•    Faça uma pesquisa através de livros, da internet, e visitas à lojas de aquários locais. Tome nota dos peixes que você quer ter. Verifique com um vendedor confiável quanto à compatibilidade dos peixes que você pretende colocar no seu aquário. Alguns peixes têm necessidades muito específicas de água, enquanto outros são incompatíveis com determinadas espécies. Por exemplo, peixinhos dourados são espécies de águas frias e geralmente não podem ser mantidas no mesmo tanque com peixes tropicais, que normalmente exigem que a água esteja de 78 a 82 graus centígrados. Lembre-se: você não comprou nada ainda! O sucesso do seu peixe depende da sua cuidadosa consideração antes da aquisição.

•    Em seguida, você precisa decidir sobre o setup do seu aquário

•    Neste ponto, você também precisará escolher um sistema de filtragem, iluminação, decoração, aquecedor (para peixes tropicais), e outros acessórios. Investigue cuidadosamente suas opções. Muitos sistemas de aquário estão disponíveis em um kit completo; estes oferecem customização limitada, mas geralmente custam menos do que comprar separadamente os vários componentes. Existem três principais tipos de filtração: mecânico, biológico e químico. A maioria das lojas oferecem mais do que um desses tipos. Quanto à iluminação, luzes fluorescentes custam menos para funcionar, e são mais frias, por isso são menos propensas a inadvertidamente elevar a temperatura da água em seu reservatório. Algumas plantas vivas requerem iluminação específica, tenha certeza de saber de tais critérios quando você escolher sua iluminação. Decorações de tanque podem ser divertidas e coloridas, mas também tem um objetivo, alguns peixes se sentem mais seguros quando há plantas ou estruturas para se esconder. Quando comprar um aquecedor, tenha certeza dele ter poder suficiente para o tamanho do seu tanque. Outros acessórios que você pode precisar incluem um termômetro, redes, condicionador da água, cascalho/areia e vários baldes de água.

•    Depois de decidir a configuração que deseja, é hora de comprar tudo e colocá-lo em sua casa. Uma estante para aquário é um acessório muito importante. Embora você possa ser capaz de utilizar uma mesa, prateleira, ou qualquer outra coisa que você já tenha, uma estante para aquários é recomendada, pois ela é projetada para gerenciar o peso do seu tanque uniformemente, o que evita danos ao tanque.

•    Agora é hora de enchê-lo. Coloque o cascalho e areia no fundo, juntamente com os elementos decorativos e quaisquer plantas de plástico. Encha o tanque com água tratada. Para evitar destruir o layout da areia ou do cascalho, você pode colocar um pires no fundo do tanque e derramar a água no pires lentamente. Instale o seu termômetro e aquecedor neste momento também. Não adicione peixes ainda!

•    É melhor para a configuração do filtro e aquecedor deixar a água passar por eles por pelo menos algumas horas para assegurar a confiabilidade.

•    Em seguida, você precisará definir seu filtro biológico. Um aquário é um ecossistema no qual as substâncias passam por um ciclo. Neste caso, os peixes provocam resíduos de amônia. O acúmulo de amônia é mortal para os peixes, de modo que a sobrevivência do o aquário baseia-se na presença de microorganismos que consomem amônia e transforma-a em nitrito. Para a próxima etapa do ciclo, outras bactérias consomem o nitritos e a transforma em nitrato, que são bem menos prejudiciais à saúde do peixe.


Um novo tanque não tem nenhuma dessas bactérias benéficas, então elas devem ser produzidas em quantidade suficiente para suportar a vida que você está mantendo no aquário. Isto pode ser feito de várias maneiras. Vários produtos estão disponíveis que contêm culturas de bactérias vivas para você colocar em seu tanque. Alternativamente, você pode iniciar o ciclo do nitrogênio, colocando uma fonte de amônia (seja peixes que vão criar amônia ou amônia química de verdade) no tanque e permitindo a reprodução de bactérias. Este processo pode demorar várias semanas ou meses, mas é crucial para a viabilidade a longo prazo do seu aquário e não pode ser ignorado. Se você não tiver paciência, muitas pessoas têm tido grande sucesso com produtos iniciadores de bactéria. Para obter informações mais detalhadas sobre esse tópico, consulte um livro ou faça uma pesquisa na web ( pesquise por "ciclo de nitrogênio de um aquário" ou "ciclo sem peixes").

•     Após seu tanque tiver sido reciclado, adicione peixes lentamente, e em quantidades adequadas. Alguns peixes têm que conviver com outros peixes da mesma espécie, enquanto outros são exatamente o oposto. Não encha excessivamente o tanque, pois isso pode causar uma interrupção do ciclo.

Um bom planejamento é a chave para o sucesso de uma comunidade aquática. Quando ele for instalado e estiver funcionando, você será capaz de gozar dos frutos de seu trabalho. Cuidado porém - o hobby de ter aquários é altamente viciante, e você pode logo começar a pensar em seu próximo tanque.