Como identificar e tratar doenças dos peixes de água doce

Neste artigo você vai encontrar algumas das principais informações sobre como identificar, tratar e prevenir as doenças e problemas de saúde mais comuns em peixes de água doce. Manter uma boa qualidade da água mudando-a com frequência, não alimentar os peixes em excesso, manter a quantidade adequada de peixes para o espaço que você tem disponível, selecionar espécies com comportamento similar, e controlar os níveis de pH da água são, todas, boas dicas par você ter um aquário saudável e bonito.

  1. Envenenamento por amônia ou nitrito / nitrato. Estas não são doenças, mas antes problemas de saúde causados por condições ruins da água. Amônia, nitrito / nitrato são substâncias tóxicas que podem causar a morte de seu peixe. Há exames para amônia e nitrito / nitrato que você pode comprar e usar para uma verificação fácil dos níveis destas substâncias. Se o nível de amônia estiver alto, o peixe pode ter guelras vermelhas, possivelmente com inflamação. Eles em geral estão na superfície, ofegantes. Se os níveis de nitrito e nitrato estiverem altos, seu peixe também vai parecer letárgico. Estes níveis altos geralmente são causados pela presença de grande quantidade de mirco-organismos nocivos em seu sistema de filtragem, e muitas vezes por causa de uma população em excesso em um aquário muito pequeno. Neste caso, é melhor que você encontre outro lar para alguns de seus peixes. O uso de um sistema de limpeza e filtragem novo e mais potente vai auxiliar. Em lojas de aquários você pode encontrar alguns produtos para reduzir a concentração da amônia, por exemplo (a maior parte destes produtos é utilizada em filtros, da mesma forma como você faz com carbono). Mas, de qualquer maneira, seus peixes estão sendo envenenados e você precisa de uma solução imediatamente: você precisa trocar a água regularmente. É recomendado renovar 1/3 do volume da água, mas é claro que se você já tem alguma experiência, pode trocar quantidades maiores. Você pode conferir meu artigo “Como Limpar A Água De Seu Aquário”.
  2. Ichthyophthirius – Íctio (mancha branca). Manchas brancas no corpo do seu peixe, principalmente nas nadadeiras, este é o sintoma da doença mais comum dos peixes para aquários de água doce. O íctio é um parasita que infecta seu peixe muito rapidamente e pode ser muitíssimo contagiosa, então, em caso de infecção, você pode tratar o peixe atingido separadamente e manter os outros em observação. O melhor conselho que eu daria a você para prevenir as infecções por íctio é manter a temperatura da água acima de 25oC (ou 80oF), tornando o ciclo do parasita mais rápido. Trocas de água são bem-vindas neste caso, também, por manterem uma melhor condição da água. É importante usar e medicação correta: é fácil encontrar remédios para as infecções por Ichthyophthirius, mas a maioria das medicações incluem infecções por outras espécies de parasitas.
  3. Deterioração das Nadadeiras. Uma doença bastante comum e não tão perigosa. Os sintomas são, é claro, nadadeiras deterioradas e também perda de apetite. O peixe fica no fundo do aquário. É uma infecção bacteriana geralmente devida à má qualidade da água. Medicação contra infecção bacteriana e melhor qualidade da água são necessárias (troca de água, etc).
  4. Fungos de peixes. O principal sintoma são crescimentos parecidos com algodão que podem aparecer em cores branca ou cinza. Costuma ser uma doença secundária: o peixe já tem uma infecção bacteriana ou por parasita, e devido a má qualidade da água e muitos outros fatores há uma boa oportunidade par o fungo se desenvolver no peixe. Será mais seguro tratar o peixe separadamente dos outros, porque pode ser altamente contagioso. Use a medicação recomendada para fungos.
  5. Buraco na cabeça. Pequenos buracos no corpo e principalmente na cabeça do peixe indicam uma doença muito comum em peixes da Amazônia. O tratamento é basicamente troca de água e a aplicação de medicação. Alimente o peixe com alimentos enriquecidos com vitaminas e remova ou pare de usar carbono ativado, mesmo se você não usa nenhum produto para a limpeza da água. Algumas pessoas dizem que o carbono ativado pode aumentar a severidade da doença.
  6. Olhos arregalados. Um ou os dois olhos do peixe parecem estar saltando para fora e, às vezes, em casos avançados, o peixe pode adquirir uma aparência realmente chocante. Em geral é consequência d infecções bacterianas, então você pode usar remédios contra a doença, e também manter uma boa qualidade da água.
  7. Oodinium (Íctio veludo). O peixe tem aparência similar a de um peixe com a infecção por Íctio (manchas brancas), mas neste caso as manchas são um pouco menores, cinza-amarelado e em forma de poeira. Movimentos rápidos das nadadeiras e esfregar-se nas superfícies do aquário (como pedras e plantas) são reações comuns do peixe infectado. O odinium normalmente é trazido por um peixe novo ou plantas de outros aquários, então na maioria dos casos a doença não está relacionada diretamente às condições da água. Por este motivo, a melhor maneira de evitar as infecções por odinium é realizar uma quarentena par os novos peixes, antes de introduzi-los em seu aquário. Se você já tem um peixe infectado, use os remédios recomendados para infecções e doenças parasíticas.