Como escolher o cachorro de raça pura mais certo para você

Quando você está contemplando comprar um cachorro de raça pura, escolher a raça certa para sua família e seu estilo de vida é essencial. Milhares de cães acabam em abrigos todos os anos, porque muitos dos seus proprietários escolheram uma raça que eles não conseguiram lidar, ou que simplesmente não se adequaram ao seu estilo de vida. Eles se apaixonaram por um cachorro porque ele era bonitinho, e não prestaram muita atenção em como o cachorro poderia ser quando se tornasse um cão adulto.

Há mais na escolha da raça do que apenas aparências, e não é justo para você ou para o cão se você tomar uma decisão irresponsável. Antes de trazer um cão para casa, há perguntas que você deve se fazer para assegurar que o cão vai facilmente se tornar um protetor.

  1. Já fez o seu trabalho de casa? Certifique-se de educar-se sobre qualquer raça que você esteja considerando. São muitos os livros sobre o assunto e inúmeros sites para ajudar a encontrar todas as informações que você precisa. O bom na escolha de um cachorro de raça pura é que você pode escolher o seu tamanho, temperamento, pelo, nível de energia, etc. Há quase uma raça para cada estilo de vida, mas é só uma questão de encontrar um que se encaixe a você. Não se apaixone por uma raça por causa de sua aparência. Seja realista sobre a sua escolha, e você ficará muito mais satisfeito com o resultado.
  2. O quão ativo é o seu estilo de vida? Você é bastante ativo ou sedentário? Todo cão, não importa quão grande ou pequeno, precisa de uma caminhada todos os dias, mas alguns necessitam de muito menos exercício do que outros para serem felizes e saudáveis. Raças de caça como Labrador Retrievers, ou raças pastoras como os Collies são raças de alta energia que exigem pelo menos uma hora de exercício por dia, especialmente quando são jovens. Eles seriam felizes com alguém que corre, anda de bicicletas, patins, ou alguma outra atividade vigorosa todos os dias e está disposto a levar o cachorro junto. Mas, muitos de raça "toy" como os Pequineses ficam felizes com um simples passeio de 20 minutos ao redor do bairro. Se você não pode passear com um cachorro, você conhece alguém que possa?
  3. Quanto espaço você tem? Você vive em um apartamento ou uma casa? Interior ou cidade grande? Tenha em mente que o tamanho que o cão vai ter quando estiver crescido e o espaço que você tem para oferecer. Mantendo um São Bernardo, em um pequeno apartamento vai fazer vocês dois se sentirem num lugar lotado. Se você não pode fornecer um quintal para que um cachorro corra ao redor, fique com as menores raças. Raças maiores irão rapidamente à loucura em um espaço confinado e vão te levar à loucura junto com eles.
  4. Já considerou a quantidade de higiene exigida? Quanto tempo e dinheiro você está disposto a gastar em lavar seu cão de raça pura? A maioria das raças de pêlo curto, soltam tanto pelo como raças de cabelo longo, apenas não tão visivelmente, e algumas raças como poodles não soltam pelos, mas ainda exigem extensa limpeza diária e mensal. Todas as raças de pêlo longo (embora algumas soltem pêlo e outras não) sempre necessitam alguns cuidados diários. Se você simplesmente detesta encontrar pêlo de cachorro em seus móveis, não compre uma raça que solta muito pêlo, certifique-se que as necessidades higiênicas se adaptem às sua agenda.
  5. Você mora sozinho? Quantas pessoas poderão cuidar e passar tempo com o cachorro? Manter um cão confinado o dia todo, enquanto você está no trabalho não é justo e pode resultar em danos aos vossos bens se durar muito tempo. Os cachorros são criaturas sociais e precisam de companheiros assim como os seres humanos. Raças pequenas como Yorkshire Terriers têm uma bexiga muito pequena e podem necessitar sair de casa a cada par de horas. Se você trabalha fora e mora sozinho, certifique-se de que você vai poder chegar em casa com a maior freqüência possível para passar o tempo com seu animal de estimação.
  6. Você tem filhos? Todos os cachorros parecem adorar as crianças pequenas, mas quando algumas raças se tornam adultas, elas têm menos e menos tolerância com os pequenos. Algumas raças como Dachshunds e Dobermans não são as melhores raças de ter à sua volta, mas raças como Golden Retrievers têm realmente uma incrível paciência e gostam muito dos pequenos. Se você tem filhos pequenos, certifique-se de escolher uma raça que seja amigável com crianças
  7. Pra quê o cachorro foi originalmente criados? Pode parecer uma pergunta estranha a se fazer, mas é muito importante para o bem-estar do cão e da sua sanidade. A tarefa a que a raça foi originalmente criada é fundamental para a compreensão de seu comportamento e daquilo que ele realmente precisa do seu proprietário. Beagles são cães de caça que caçam pelo cheiro. Esconder um alimento ou um brinquedo no quintal para que ele encontre pode mantê-los ocupados e felizes por um longo tempo. Huskies foram criados para puxar trenós, mas eles provavelmente ficariam igualmente felizes puxando as crianças ao redor do pátio em uma bóia. Raças trabalhadoras como Collies Border e Pastor Alemão precisam de um trabalho para fazer todos os dias. Poderia ser algo tão simples como um longo jogo de atirar e trazer, ou carregar uma mochila de caminhada até uma montanha, mas eles são extremamente inteligentes e ficam entediados facilmente. Considere para quê a sua raça foi criada para fazer e tentar encontrar formas criativas para ajudá-lo usar esses traços. O resultado será um cachorro e um proprietário muito feliz.
  8. Você deve escolher um filhote ou um cachorro mais velho? Muitas pessoas gostam da idéia de comprar um lindo filhotinho para suas casas, mas lembre-se que um cachorro é um bebê que necessita de muito cuidado no início, não tem as habilidades sociais, e não sabe como se comportar. Deve ser ensinado tudo exatamente como uma criança pequena e exige mais do seu tempo focado. Se você tem filhos pequenos, certifique-se de que seu animalzinho terá bastante tempo afastado deles, já que um cachorrinho (assim como um bebê) precisa de muito descanso. Se você optar pelo filhote, certifique-se de que você está preparado para ser um pai de tempo integral para uma criança de quatro patas. Muitas vezes um cão adulto já é treinado quanto às necessidades físicas e se comporta bem em casa sem muito trabalho. Se você for uma pessoa mais velha à procura de um companheiro que possa se mover em sua casa sem muito esforço adicional e de formação, um cão mais velho pode ser uma boa escolha para você. Existem muitos os cães mais velhos no abrigo local que necessitam um lar.
  9. A raça está predisposta a quais doenças? Esta é uma difícil questão que precisa ser tratada. Todos os cachorros de raça pura estão propensos a certas doenças. Algumas raças têm predisposição para doenças que você pode achar difíceis de enfrentar, tais como diabetes, que podem necessitar de disparos de insulina, ou displasia dos quadris, que por vezes pode inviabilizar o cão, e ambos podem deixar suas finanças tensas com as faturas do veterinário. Certifique-se de investigar todas as doenças que podem estar propensas a sua raça e decida se as suas emoções e seu orçamento podem suportar a possibilidade deste fardo. É possível que nunca aconteça nada de ruim, mas você precisa estar preparado para o que pode vir.
Cachorros não são descartáveis, e merecem uma boa casa onde eles são amados e cuidados. Escolher a raça certa é um passo importante para garantir que o seu cachorro se torne um membro permanente de sua família.