Como escolher entre cachorros machos e fêmeas

De certa forma, escolher entre cães machos ou fêmeas é uma questão de preferência pessoal. No entanto, há algumas características que são comuns em cadelas e outras características que são comuns em machos. É importante avaliar essas características e determinar qual gênero é mais adequado para a situação da sua casa quando escolher um filhote. Além disso, escolher entre machos e fêmeas é importante se você já tem um cachorro e está procurando outro. Este artigo apresenta uma lista de características de fêmeas e machos, e como escolher entre eles ao considerar um segundo ou terceiro cão.

As seguintes características muitas vezes se aplicam às cadelas:

  1. Independentes - Cadelas tendem a querer estar no controle de toda a situação. Eles podem vir ao seu dono quando estão procurando afeto, mas geralmente se distanciam quando já têm o bastante.
  2. Obstinadas - Em muitos ambiente, uma cadela é normalmente o cão alfa. Fêmeas tomam maior controle da situação e são rápidas para responder a desafios com ferocidade.
  3. Mudanças no humor ou comportamento - Também é importante notar que se você não castrar sua cadela, ela começará a entrar no cio com cerca de um ano de idade e aproximadamente a cada seis meses subseqüentes. Durante esse tempo haverá sangramento, assim como mudança de humor ou comportamento.

As seguintes características muitas vezes se aplicam aos machos:

  1. Afetuosos - Machos são tipicamente mais carinhosos que cadelas. Eles tendem a almejar a atenção de seus donos mais do que cadelas, exibindo comportamentos mais afetuosos.
  2. Exuberantes - Machos são também mais divertidos e carinhosos durante todo seu tempo de vida do que cadelas. Enquanto as fêmeas tendem a tornar-se mais reservadas com o avanço da idade, os machos mantém uma exuberância de filhote durante toda sua vida.
  3. Motivado pelo alimento - Os machos são, por vezes, muito motivados por alimentos. Essa motivação pode ser boa em treinamento, pode ser usada para seduzir e recompensar um cão para exibir comportamentos desejados.
  4. Atenciosos - Enquanto cadelas tendem a ser mais independentes, machos são mais próximos de seus companheiros. Eles querem estar perto dos seres humanos, estando sempre ansiosos para agradar.
  5. Comportamentos agressivos - Também é importante observar que machos adultos podem exibir comportamentos agressivos ou de marcação territorial com outros machos. Também devem ser mantidos longe de fêmeas no cio, a menos que um acasalamento seja planejado.

Se você já tem um macho ou uma fêmea, um cão do sexo oposto é geralmente a melhor escolha. Os cães do mesmo sexo são mais propensos a luta.

  1. Se você já tem um cão macho, ele é mais suscetível a aceitar uma fêmea, e haverá menos disputas de domínio. Optando por adicionar mais machos no ambiente, eles podem conviver pacificamente e até tornar-se amigos. É importante acompanhar de perto as primeira interações para assegurar que comportamentos agressivos não se tornem comuns.
  2. Se você já tem uma fêmea, ela é mais suscetível a aceitar um macho. A maioria dos machos tendem a ser submissos. Se ele não se opor à fêmea, ela não terá motivos para brigar com ele. Adicionando um cão fêmea, no entanto, pode resultar em complicações. A pior combinação entre cães são duas cadelas, pois estão mais propensas a brigas. No entanto, muitos proprietários têm duas ou mais cadelas que vivem juntas sem problemas. Desde que haja um alfa estabelecido e as outras cadelas saibam seu lugar no ambiente, não haverá disputas de domínio, embora muitas vezes ainda possam ocorrer.

Escolher entre um macho ou uma fêmea é em grande parte uma questão de preferência pessoal. As características acima são generalizações, e é certamente possível adotar uma fêmea filhote, que exiba características masculinas ou um cachorrinho que apresente características típicas femininas. Além disso, cães castrados geralmente não apresentam os problemas associados ao gênero específico, como ficar no cio ou fazer disputas territoriais.